Abrir menu principal

Alterações

80 bytes adicionados, 06h07min de 4 de julho de 2018
m
}}
 
O '''Torneio Rio-São Paulo''' foi um torneio de [[futebol]] interestadual disputado por clubes do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]] e de [[São Paulo (estado)|São Paulo]].
 
Foi realizado pela primeira vez em [[Torneio Rio-São Paulo de 1993|1933]], mas só passou a ser disputada anualmente a partir de [[1950]]. Em [[Torneio Rio-São Paulo de 1954|1954]], o torneio passou a ser oficialmente chamado "Torneio Roberto Gomes Pedrosa", ainda contando apenas com clubes dos dois estados.<ref>[http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rjspcamp.htm Torneio Rio-São Paulo -- List of Champions]</ref>
 
=== 1993 e 1997-2002: recomeço e nova interrupção ===
Em [[1993]], o Torneio Rio-São Paulo voltou a ser realizado e teve como campeão o [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]], e retornou sua regularidade em [[1997]]. Desde então, oito equipes participaram de todas as edições, sendo elas: [[Botafogo de Futebol e Regatas|Botafogo]], [[Clube de Regatas do Flamengo|Flamengo]], [[Fluminense Football Club|Fluminense]] e [[Club de Regatas Vasco da Gama|Vasco]] do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]], e [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]], [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]], [[Santos Futebol Clube|Santos]] e [[São Paulo Futebol Clube|São Paulo]] , de [[São Paulo (estado)|São Paulo]]. Outros clubes completaram a lista de participantes de cada edição. Neste mesmo ano, foi realizado o Torneio Ricardo Teixeira, com equipes cariocas e paulistas relativamente de menor expressão, segundo a [[Folha de S.Paulo]], uma espécie de "segunda divisão do Torneio Rio-São Paulo",<ref>[http://acervo.folha.uol.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&fdm=1&fdn=1&all_words=Jo%C3%A3o+Havelange+Ricardo+Teixeira+Rio+S%C3%A3o+Paulo+Torneio&phrase=&words=&without_words=&initial_date=01%2F01%2F1993&final_date=01%2F12%2F1993&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=20&commit.y=25&commit=Enviar Jornal Folha de S.Paulo. 7 de Agosto de 1993.]</ref> e o [[Torneio João Havelange]], organizado pela [[CBF]] entre os campeões carioca, paulista, do Torneio Rio-São Paulo e do Torneio Ricardo Teixeira.
 
Em [[1997]], o torneio foi disputado em "mata-mata" com jogos de ida e volta. Em [[1998]], um ano depois de ter começado a ser disputado anualmente outra vez, o novo formato da competição colocava, em dois grupos de quatro equipes, dois clubes de cada Estado. Classificavam-se para as semifinais os dois primeiros de cada grupo. Este modelo foi empregado até [[2001]].
 
==== Última edição - especial ====
Em [[2002]], foi criado o Rio-São Paulo com 16 clubes, com o objetivo de suprimir os [[Campeonato Estadual de Futebol|Estaduais]]. Este modelo foi disputado pelas equipes titulares dos clubes enquanto, no caso do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]], os reservas disputavam com as equipes pequenas o [[Campeonato Carioca de Futebol de 2002|Carioca]] (chamado de ''Caixão'' naquele ano, por conta da briga das Organizações Globo com o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, Eduardo Viana, cujo apelido era ''Caixa D'Água''), e, no caso de [[São Paulo (estado)|São Paulo]], o [[Campeonato Paulista de Futebol de 2002|Paulistão]] foi disputado apenas por clubes pequenos que não estavam no Torneio Rio-São Paulo.
 
O [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] sagrou-se campeão naquele ano em cima do rival São Paulo, tornando-se, ao lado de Palmeiras e Santos, um dos maiores vencedores do certame, com cinco conquistas ao longo dos anos. Nesta última edição, as piores equipes de [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]] e [[São Paulo (estado)|São Paulo]] seriam rebaixadas aos Campeonatos Estaduais, e seriam substituídas pelos melhores dos estaduais Paulista e Carioca, porém não houve mais a disputa deste torneio interestadual.
 
Com o advento do [[Campeonato Brasileiro de Futebol|Campeonato Brasileiro]] por pontos corridos em [[2003]] pela [[CBF]], o [[calendário]] do [[futebol brasileiro]] não poderia mais abrigar esta e outras competições interestaduais, prevalecendo, ao lado do campeonato nacional, os [[Campeonato Estadual de Futebol|campeonatos estaduais]].
881 894

edições