Diferenças entre edições de "Corpo negro"

2 581 bytes adicionados ,  16h29min de 8 de julho de 2018
Adicionei aspectos teóricos da radiação de corpo negro e a teoria quântica de Planck.
m (Foram revertidas as edições de 2804:14C:BBAF:42D2:719E:F4D:DCA1:B866 para a última revisão de Py4nf, de 19h07min de 7 de novembro de 2017 (UTC))
Etiquetas: Reversão Desfazer
(Adicionei aspectos teóricos da radiação de corpo negro e a teoria quântica de Planck.)
<math> T\ </math> <span style="font-size:large;"> = [[Temperatura]] do corpo negro (K). </span>
 
== Teoria de Planck da radiação de corpo negro ==
[[Imagem:HRDiagram.png|thumb|Diagrama de Hertzsprung-Russell. As estrelas são classificadas por cor e luminosidade.|alt=Diagrama de Hertzsprung-Russell|direita|x200px]]
Ao tentar solucionar a discrepância entre a teoria e a experiência, Planck foi levado a considerar a hipótese de uma violação da lei da equipartição da energia sobre o qual a teoria se baseava. Planck supôs que a energia poderia ter apenas certos valores discretos, em vez de qualquer valor, e que os valores discretos fossem uniformemente distribuídos. Isto é, tomou
 
<math>E = 0, \Delta E, 2\Delta E, 3\Delta E, 4\Delta E,...</math>
 
como o conjunto de valores possíveis da energia. Aqui <math>\Delta E</math>é o intervalo constante entre valores possíveis sucessivos da energia. Planck supôs também que as energias sucessivas e a frequência da radiação emitida fossem grandezas proporcionais, portanto,
 
<math>\Delta E \propto \nu</math>
 
Escrito na forma de uma equação em vez de uma proporcionalidade, temos
 
<math>\Delta E = h \nu</math>
 
onde <math>h</math>é a constante de proporcionalidade.
 
Cálculos posteriores permitiram a Planck determinar o valor da constante <math>h</math>, obtendo o valor que ajustava melhor sua teoria aos dados experimentais. O valor obtido por ele estava bem próximo do valor atualmente aceito
 
<math>h = 6,63 .10^{-34} J.s</math>
 
Esta constante, muito famosa e corrente na mecânica quântica, é chamada constante de Planck.
 
A fórmula obtida o permitiu calcular o espectro de corpo negro em total acordo com os resultados experimentais.
 
=== Postulado de Planck ===
A contribuição de Planck pode ser colocada na forma do seguinte postulado:
 
''Qualquer ente físico com um grau de liberdade cuja "coordenada" é uma função senoidal do tempo (isto é, executa oscilações harmônicas simples) pode possuir apenas energias totais que satisfaçam a relação <math>E = nh\nu</math>onde <math>\nu</math>é a frequência da oscilação, <math>h</math>uma constante universal e <math>n</math> só pode assumir valores inteiros.''
 
A energia do ente que obedece ao postulado de Planck é dita ''quantizada'', os estados de energia possíveis são ditos ''estados quantizados'', e o <math>n</math> é dito ''número quântico''.<ref>{{citar livro|título=Física Quântica|ultimo=Resnick|primeiro=Eisberg|editora=Elsevier|ano=1979|local=Rio de Janeiro|páginas=19-42|acessodata=}}</ref>
 
=== Implicações ===
A ideia de que a energia é quantizada apesar de parecer apenas um truque matemático para explicar os resultados experimentais da radiação de corpo negro, foi fundamental para o desenvolvimento de um dos pilares da física moderna, a mecânica quântica.[[Imagem:HRDiagram.png|thumb|Diagrama de Hertzsprung-Russell. As estrelas são classificadas por cor e luminosidade.|alt=Diagrama de Hertzsprung-Russell|direita|x200px]]
 
== Exemplos de emissão de corpo negro ==