Diferenças entre edições de "Mundo árabe"

1 byte adicionado ,  22h46min de 9 de julho de 2018
sem resumo de edição
Do ponto de vista geográfico, uma característica comum aos países que compõem este conjunto de países é o baixo volume de precipitação pluviométrica na região. Por conta disso, as oscilações climáticas, tanto diárias quanto anuais, são muito grandes. Os verões são incrivelmente quentes e os invernos bastante frios. Do ponto de vista geopolítico, essa área do globo é o ponto de encontro de três continentes, a [[África]], a [[Ásia]] e a [[Europa]]. Os países que integram esse grupo ocupam a faixa que se estende do Nordeste da África ao Oeste da Ásia.<ref>{{citar livro|titulo=The Arab World Today|ultimo=Polk|primeiro=William R.|editora=Harvard University Press|ano=1991|local=Cambridge, Massachussets|paginas=4|acessodata=18/06/2016}}</ref>
 
A escassez de recursos hídricos fez também com que nessa região inúmeros povos apresentassem soluções extremamente criativas. A civilização, tal como a conhecemos originou-se nos vales dos rios [[Nilo]], [[Rio Tigre|Tigre]] e [[Rio Eufrates|Eufrates]]. Modernamente, os árabes são descritos principalmente como os moradores de centros urbanos e camponeses. [[Beduínos]] ou os nômades são e provavelmente eram, uma minoria da população. Aqueles que hoje são chamados de "árabes" são os que falam o idioma, mas poucos desses são descendentes dos povos oriundos da [[Península Arábica]]. É mais difícil reconstituir a ancestralidade dos povos de fala árabe do que por exemplo, reconstituirreeconstituir a genealogia dos brasileiros descendentes de portugueses, espanhóis ou italianos, ou dos norte-americanos descendentes de ingleses e irlandeses.<ref>{{citar livro|titulo=The Arab World Today|ultimo=Polk|primeiro=William R.|editora=Harvard University Press|ano=1991|local=Cambridge, Massachussets|paginas=4-5|acessodata=18/06/2016}}</ref>
 
== Estados e territórios ==