Abrir menu principal

Alterações

161 bytes adicionados ,  20h53min de 11 de julho de 2018
Atualização.
[[Banda larga]]{{Info/Empresa
|nome_empresa = Oi
|logo_tamanho=|imagem = Logotipo da Oi.png
|img-tam =
|img-des =
* [[Fornecedor de acesso à internet]]
}}
|subsid = [[Gamecorp]]
|acionistas = {{lista simples|
* [[Andrade Gutierrez]]
|país =
}}
'''Oi''' ([[BM&F Bovespa]]: OIBR3, OIBR4 <ref name = BMF />; [[OTC Markets Group|OTC Pink Limited]]: OIBRQ<ref name = OTC />), anteriormente conhecida como '''[[Telemar]]''',<ref name="BrasilTelecom">{{citar web | obra = G1 | publicado = Globo |url= http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL426703-9356,00-OI+FECHA+ACORDO+DE+COMPRA+DA+BRASIL+TELECOM+POR+R+BILHOES.html |titulo=Oi fecha acordo de compra da Brasil Telecom por R$ 5,86 bilhões|data= 8/3/2011|acessodata= 8/3/2011}}</ref> é uma concessionária de serviços de telecomunicações do Brasil. É a maior operadora de [[Rede de telefonia fixa|telefonia fixa]] e a quarta maior operadora de [[Telefone celular|telefonia móvel]] do [[Brasil]], sendo tambémconsiderada a terceira maior empresa do setor de [[telecomunicações]] na [[América do Sul]].<ref>{{Citar periódico|data=2018-07-07|titulo=Fundos de investimento serão os principais acionistas da Oi|url=https://oglobo.globo.com/economia/fundos-de-investimento-serao-os-principais-acionistas-da-oi-22861683|jornal=O Globo|lingua=pt-BR}}</ref>"Em setembroAo final de 2015,2017 a empresabase possuía,de noclientes Brasilera de 59,7 cercamilhões, dedivididos 72em:15,9 milhões de UnidadesUGRs Geradorasresidenciais, decompreendendo Receitastelefones (UGRs)fixos, dasBanda aLarga quaise cercaTV depor 47Assinatura;36,6 milhões estavamde clientes no segmento Móvelde mobilidade Pessoalpessoal, 17sendo 29,9 milhões node segmentousuários Residencialpré-pagos e 86,7 milhões de pós-pagos;6,5 milhões de usuários no segmento B2BEmpresarial/Corporativo, (grandesdivididos corporaçõestelefones fixos, móveis e PMEs).Banda Larga; e Atualmente0,6 amilhão Oide aindatelefones contade comuso maispúblico. deEm 1síntese, milhãoa decompanhia [pontostrabalha de acessoforma àsegmentada, rede]como exemplo o serviço Oi WiFiWiFon, onde clientes podem utilizar Internet Grátis em todomais ode 2 milhões de pontos de acesso pelo [[Brasil|Brasil."]]<ref>{{Citation | url = http://www.teleco.com.br/mshare_fix.asp | work = Teleco | title = Market Share das Operadoras de Telefonia Fixa no Brasil.}}</ref><ref>{{Citation | url = http://www.teleco.com.br/mshare.asp | work = Teleco | title = Market Share das Operadoras de Telefonia Móvel no Brasil}.</ref><ref name="lucro">{{citar web|url= http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=76445 |titulo=Oi tem lucro de R$ 1,75 bilhão|data= 8/3/2011 |acessodata= 8/3/2011}}</ref><ref>{{Citar web|url= http://www.oi.com.br/oi/sobre-a-oi/empresa/informacoes/perfil-oi |titulo=Perfil Oi|acessodata=2016-9-9| publisher = Oi}}</ref>
 
Formada a partir da privatização do Sistema [[Telebrás]] em 1998, a Oi herdou grande parte do sistema de telefonia fixa existente no [[Brasil]] até então, sobretudo após a aquisição da [[Brasil Telecom]]. No total, a Oi possui concessões para a oferta de serviços de telefonia fixa em 25 estados brasileiros, além do Distrito Federal, atuando também através de autorizações nas regiões atendidas pela [[Vivo]], [[Algar Telecom]] e [[Sercomtel]]. A empresa oferece serviços de telefonia, [[Televisão por assinatura]] e internet [[banda larga]]. Em 20102013, a Oi adquiriue a [[Portugal Telecom]] se fundiram, formando uma única companhia multinacional de controle e gestão unica; com sede no [[Brasil]], denominada Grupo Oi. Foi estabelecido a continuidade das marcas comerciais Oi e [[Portugal telecom|Portugal Telecom]] nos respectivos mercados. Em 2015 vendeu os ativos operacionais da [[Portugal telecom|Portugal Telecom]] para a empresa de telecomunicações holandesa [[Altice]].<ref name=":0">{{citar web|url=https://tecnoblog.net/141754/oi-portugal-telecom-fusao/|titulo=Oi e Portugal Telecom se fundem para criar gigante das telecomunicações|data=|acessodata=26 de Junho de 2017|publicado=Tecnoblog.net|ultimo=Veloso|primeiro=Thássius}}</ref>, mas vendeu os ativos operacionais portugueses em 2015 para a empresa de telecomunicações holandesa [[Altice]].<ref name=altice2015>{{citar web |url=http://exame.abril.com.br/negocios/oi-comemora-venda-do-negocio-operacional-da-portugal-telecom/ |titulo=Oi comemora venda do negócio operacional da Portugal Telecom |data=22 de Janeiro de 2015|acessodata=26 de Junho de 2017|publicado=EXAME.com}}</ref><ref>{{Citar periódico|ultimo=SAPO|titulo=Altice e Oi já terão concluído venda da PT Portugal - SAPO Tek|url=https://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/artigos/altice-e-oi-ja-terao-concluido-venda-da-pt-portugal|jornal=SAPO Tek|lingua=pt-PT}}</ref>
 
A Oi é a empresa privada com a maior dívida do Brasil, avaliada em R$ 64 bilhões de reais.<ref>{{citar web|url=http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/ha-um-ano-em-recuperacao-judicial-oi-enfrenta-impasse-entre-credores-e-acionistas-para-se-reerguer.ghtml|titulo=Há um ano em recuperação judicial, Oi enfrenta impasse entre credores e acionistas para se reerguer|data=20 de Junho de 2017|acessodata=26 de Junho de 2017|publicado=G1|ultimo=|primeiro=}}</ref> No dia 22 de setembro de 2017, o [[Conselho Administrativo de Defesa Econômica]] aprovou que a empresa China Telecom aplicasse investimento para aumento de capital na empresa, procedimento que livrará a companhia de um possível pedido de falência.<ref>{{citar web |url=https://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/oi-assina-acordo-com-china-telecom-sobre-possivel-investimento-na-empresa.ghtml |título=Oi assina acordo com China Telecom sobre possível investimento na empresa |data=22 de setembro de 2017 |publicado=[[G1]] |acessodata=22 de setembro de 2017}}</ref>
 
==História==
Inicialmente a Telemar era composta pelas empresas dos 16 estados de sua área inicial: a [[Telebahia]], [[Telemig]], a [[Telerj]], a [[Telest]], a [[Telergipe]], a [[Telasa]], a [[Telpe]], a [[Telpa]], a [[Telern]], a [[Teleceará]], a [[Telepisa]], a a [[Telepará]], a [[Telamazon]], a [[Teleamapá]], e a [[Telaima]].{{carece de fontes |data=abril de 2017}}
 
Em [[2007]] unificou todos os seus serviços em uma só marca, abolindo assim a marca ''Telemar.''<ref>{{citar web|url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u114825.shtml |titulo=Oi unifica marcas e substitui Telemar|publicado=Folha de São Paulo|data=28 de fevereiro de 2007|acessodata=31 de outubro de 2017}}</ref>.
 
Em 2008, a Oi iniciou suas operações em São Paulo (Região 3).<ref>{{citar web |url= http://www.estadao.com.br/noticias/geral,oi-inicia-atividades-em-sao-paulo-no-dia-24-de-outubro,252357 |título= Oi inicia atividades em São Paulo no dia 24 de outubro |autor= [[Agência Estado]] |data=2 de outubro de 2008 |obra=Link |publicado=[[O Estado de S. Paulo]] |acessodata=22 de maio de 2016}}</ref>.
 
===Aquisição da Brasil Telecom ===
[[Imagem:Mapa de cobertura da Brasil Telecom.svg|thumb|direita|Mapa da região incorporada à área de cobertura da Oi após a aquisição da [[Brasil Telecom]], e antes do início das operações da empresa no estado de [[São Paulo]] em 2008.]]
 
A compra da [[Brasil Telecom]] pela Oi fezfoi umaanunciada ofertaem de2008 inicialmente por aproximados R$ 5,8 bilhões. deO reaisnegócio parafoi comprarconcluído aapós operadorao deconselho telefoniadiretor fixa e móvelda [[BrasilAgência TelecomNacional de Telecomunicações|Anatel]]. Naaprovar intençãoa demodificação expandirno aPlano Oi,Geral ode entãoOutorgas presidenteda dotelefonia Brasilfixa(PGO), [[Luizsendo Inácioeliminadas Lulaas darestrições Silva]]de permitiuatuação porde meioempresas deque umcontinham decretoconcessionárias presidencialem amais comprade dauma Brasilregião, Telecomo peladecreto Oi,presidencial algofoi queassinado nãopor poderia[[Luiz serInácio regulamentadoLula naquelada épocaSilva]] na data 20/11/2008.<ref name="estadão_2014">{{citar web|último=Cruz|primeiro=Renato|título=Por que o comando da Oi mudou|url=http://blogs.estadao.com.br/renato-cruz/por-que-o-comando-da-oi-mudou/|obra=[[Estadão]]|publicado=[[Grupo Estado]]|acessodata=10 de outubro de 2014|data=9 de outubro de 2014}}</ref> O negócio foi acertado entre as duas empresas e a Oi incorporou a [[Brasil Telecom]] no dia 17 de maio de 2009.<ref>{{citar web|url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u395747.shtml|título=Oi anuncia compra da Brasil Telecom por R$ 5,8 bilhões|publicado=[[Folha de S.Paulo]]|data=25 de abril de 2008|acessodata=8 de fevereiro de 2012}}</ref><ref>{{Citar periódico|data=2008-06-12|titulo=Anatel aprova mudanças no Plano Geral de Outorgas que viabilizam compra da BrT pela Oi|url=https://oglobo.globo.com/economia/anatel-aprova-mudancas-no-plano-geral-de-outorgas-que-viabilizam-compra-da-brt-pela-oi-3613491|jornal=O Globo|lingua=pt-BR}}</ref>
 
===Fusão com a Portugal Telecom ===
Em 1 de janeiro de 2010 a [[Portugal Telecom]]<ref name="portugal">{{citar web|url=http://www.folhadaregiao.com.br/Materia.php?id=270136|titulo=Acordo entre Oi e Portugal Telecom é formalizado|data=08/03/2011|acessodata=08/03/2011}}</ref> assinou um contrato com vista à aquisição de 22,4% da Oi iniciando uma parceria estratégica entre ambas as empresas. No mesmo ano, é anunciado a compra da Portugal Telecom pela Oi.<ref name=":0" />
Em 1 de janeiro de 2010 a [[Portugal Telecom]]<ref name="portugal">{{citar web|url=http://www.folhadaregiao.com.br/Materia.php?id=270136|titulo=Acordo entre Oi e Portugal Telecom é formalizado|data=08/03/2011|acessodata=08/03/2011}}</ref> assinou um contrato com vista à aquisição de 22,4% da Oi iniciando uma parceria estratégica entre ambas as empresas.<ref name=":0" /><ref>{{citar web|url=http://oglobo.globo.com/economia/luiz-eduardo-falco-antecipa-saida-deixa-hoje-comando-da-oi-2797040|título=Luiz Eduardo Falco antecipa saída e deixa hoje o comando da Oi|data=14 de abril de 2011|acessodata=8 de fevereiro de 2012|publicado=[[O Globo]]|autor=Bruno Rosa}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.teletime.com.br/28/02/2012/acionistas-da-oi-comecam-permuta-de-acoes-para-reestruturacao-da-empresa/tt/265057/news.aspx|título=Acionistas da Oi começam permuta de ações para reestruturação da empresa|data=28 de fevereiro de 2012|acessodata=28 de fevereiro de 2012|publicado=Teletime|autor=Wilian Miron}}</ref>
 
Em 2 de outubro de 2013 a Oi e a [[Portugal Telecom]] formalizam a fusão das duas companhias, tendo envolvido os acionistas da Oi, da Portugal Telecom e da Telemar, com sede no Brasil e operações no [[Brasil]] e em [[Portugal]].<ref>{{citar web | prenome url=Ana | sobrenome = Brito http://www.publico.pt/economia/noticia/pt-e-oi-assinam-acordo-para-por-fusao-em-marcha-1607786|título=PT e Oi assinam acordo para pôr fusão em marcha (Fusão entre empresas portuguesa e brasileira gera sinergias de 1800 milhões de euros. Acções da PT em alta na bolsa. Zeinal Bava será o CEO da nova empresa)|data=2 de outubro de 2013|urlacessodata= http:15/4/www.publico.pt/economia/noticia/pt-e-oi-assinam-acordo-para-por-fusao-em-marcha-1607786 2017| obra =[[Público (jornal)|Público]] |acessodatasobrenome=15/4/2017 Brito|dataprenome=2 de outubro de 2013Ana}}</ref><ref>{{citar web|título= União de Oi e Portugal Tel cria empresa com receita de quase R$ 40 bi |url= http://economia.terra.com.br/uniao-de-oi-e-portugal-tel-cria-empresa-com-receita-de-quase-r40-bi,01c877f273971410VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html |publicadotítulo=União Telefônicade |Oi obrae =Portugal [[TerraTel Networkscria empresa com receita de quase R$ 40 bi|Portaldata=2 Terra]]de outubro de 2013|acessodata= 15/4/2017 |dataobra=2[[Terra deNetworks outubro|Portal de 2013Terra]]|publicado=Telefônica}}</ref>.
Em 13 de abril de 2011, Luiz Eduardo Falco anunciou aos colaboradores da companhia seu desligamento, alegando o fim de um ciclo na companhia.<ref>{{citar web|url=http://oglobo.globo.com/economia/luiz-eduardo-falco-antecipa-saida-deixa-hoje-comando-da-oi-2797040|título=Luiz Eduardo Falco antecipa saída e deixa hoje o comando da Oi|autor=Bruno Rosa|publicado=[[O Globo]]|data=14 de abril de 2011|acessodata=8 de fevereiro de 2012}}</ref>
 
Em 28 de fevereiro de 2012 a Oi anuncia a permuta de ações para reestruturação da empresa, a [[Portugal Telecom]] deixa de ter 11,05% das ações ordinárias para deter apenas 0,05% das ações ordinárias da empresa, passando a deter 0,02% de todo seu capital.<ref>{{citar web|url=http://www.teletime.com.br/28/02/2012/acionistas-da-oi-comecam-permuta-de-acoes-para-reestruturacao-da-empresa/tt/265057/news.aspx|título=Acionistas da Oi começam permuta de ações para reestruturação da empresa|autor=Wilian Miron|publicado=Teletime|data=28 de fevereiro de 2012|acessodata=28 de fevereiro de 2012}}</ref>
 
===Fusão com a Portugal Telecom ===
Em 2 de outubro de 2013 a Oi e a [[Portugal Telecom]] formalizam a fusão das duas companhias, tendo envolvido os acionistas da Oi, da Portugal Telecom e da Telemar, com sede no Brasil e operações no Brasil e em Portugal.<ref>{{citar web | prenome =Ana | sobrenome = Brito |título=PT e Oi assinam acordo para pôr fusão em marcha (Fusão entre empresas portuguesa e brasileira gera sinergias de 1800 milhões de euros. Acções da PT em alta na bolsa. Zeinal Bava será o CEO da nova empresa) |url= http://www.publico.pt/economia/noticia/pt-e-oi-assinam-acordo-para-por-fusao-em-marcha-1607786 | obra =[[Público (jornal)|Público]] |acessodata=15/4/2017 |data=2 de outubro de 2013}}</ref><ref>{{citar web|título= União de Oi e Portugal Tel cria empresa com receita de quase R$ 40 bi |url= http://economia.terra.com.br/uniao-de-oi-e-portugal-tel-cria-empresa-com-receita-de-quase-r40-bi,01c877f273971410VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html |publicado= Telefônica | obra = [[Terra Networks |Portal Terra]] |acessodata= 15/4/2017 |data=2 de outubro de 2013}}</ref>.
 
A aquisição da Portugal Telecom foi conturbada, tendo sido descoberto em 2014 um rombo no caixa financeiro da Portugal Telecom, deixando a Oi sem capital adicional.<ref name=piauiOi>{{citar web |url= http://piaui.folha.uol.com.br/materia/agonia-da-oi/ |titulo=A agonia da Oi |data=5 de fevereiro de 2017 | publicado = Folha da manhã | obra = [[Piauí (revista)|Piauí]] |ultimo= Dieguez |primeiro= Consuelo |acessodata= 26 de junho de 2017}}</ref> Em 2015, a Oi se desfez dos ativos operacionais portugueses, vendendo-as pra a multinacional [[Altice]].<ref name= altice2015 />
* [[Banda larga|Internet banda larga]] ([[Oi Velox]])
* [[Televisão por assinatura]] ([[Oi TV]])
 
 
 
 
Além disso, a empresa possui uma certa atuação em outros mercados:
 
* [[Cartão de crédito]] através da marca Oi Paggo pela operadora móvel do grupo.
* [[Rádio (telecomunicações)|Rádio]] através da marca [[Oi FM]];
* [[Moda]] através da marca Oi Moda;
* [[Cultura]] através da marca [[Oi Futuro]];
 
Em fevereiro de 2013 a Anatel multou a Oi em R$ 34 milhões por descumprir metas de qualidade na prestação do serviço de telefonia celular. As metas descumpridas referem-se a: taxa de reclamação de clientes, taxa de chamadas completadas para centrais de atendimento, taxa de chamadas realizadas e completadas, taxa de resposta ao usuário e taxa de recuperação de falhas ou defeitos. A Oi anunciou que recorreria da decisão.<ref>{{citar web | publicado = Globo |url= http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/02/anatel-multa-oi-em-r-34-mi-por-descumprir-metas-de-qualidade.html |titulo= Anatel multa Oi em R$ 34 milhões por descumprir metas de qualidade| obra = [[G1]] |data= 15.2.2013 |acessodata=15.2.2013}}</ref>
 
Em julho de 2014, o Ministério da Justiça multou a empresa em R$ 3,5 milhões da Justiça por coletar informações de seus clientes usuários de banda larga através do serviço Navegador, desenvolvido em parceria com a britânica Phorm.<ref>{{Citar web |url= http://www.conjur.com.br/2014-jul-23/oi-autuada-monitorar-navegacao-usuarios-internet |titulo= Oi é autuada por usar navegador para monitorar usuários na internet|acessodata= 2016-6-21 |obra= Consultor Jurídico}}</ref>
 
Em dezembro de 2015, a associação Proteste entrou com [[ação civil pública]] na [[Justiça Federal]] contra Claro, [[NET (empresa)|NET]], [[Vivo]], [[GVT]], Oi e [[TIM Brasil |TIM]] devido ao serviço de má qualidade oferecido por essas empresas no acesso [[banda larga]] à [[Internet]]. A associação também pedia por transparência e descontos nas faturas dos clientes lesados. Em nota, a Proteste completou dizendo que "as empresas não cumprem nem 60% das metas fixadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) quanto à velocidade contratada e a efetivamente oferecida (…) Milhões de consumidores vêm sendo lesados há anos, ao pagar por um serviço em desacordo com as regras e que não oferece a qualidade esperada". Também chamou o serviço de banda larga no Brasil de "ineficiente" e "incapaz de garantir o desenvolvimento dos níveis de qualidade de prestação do serviço"<ref>{{citar web |url= http://idgnow.com.br/internet/2015/12/15/operadoras-brasileiras-sao-processadas-por-ma-qualidade-de-banda-larga/ | obra = IDG now |título=Operadoras brasileiras são processadas por má qualidade da banda larga |acessodata= 15/4/2017 |data=15/12/2015 |publicado=[[International Data Group |IDG]]}}</ref>.
 
Em 2015 a Oi teve prejuízo de R$ 5,3 bilhões, sendo no quarto trimestre R$ 4,5 bilhões<ref>{{citar web |título= Oi tem prejuízo de R$ 5,3 bilhões em 2015 | publicado = Globo |url= http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/03/oi-tem-prejuizo-de-r-53-bilhoes-em-2015.html |publicado=[[G1]] | local = São Paulo |acessodata= 15/4/2017 |data=24 de março de 2016}}</ref>.
 
Em 10 de junho, o então presidente da Oi, Bayard De Paoli Gontijo, renunciou ao cargo em meio à crise e discordâncias com sócios portugueses do grupo sobre a forma de reestruturação financeira da companhia.<ref>{{Citar periódico|titulo=Bayard Gontijo renuncia à presidência da Oi|url=https://www.valor.com.br/empresas/4596781/bayard-gontijo-renuncia-presidencia-da-oi/|jornal=Valor Econômico|lingua=pt-br}}</ref>
 
A 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, divulgou na data 08/01/2018 a homologação do plano de recuperação judicial da operadora Oi.<ref>{{Citar periódico|titulo=Justiça aprova plano de recuperação judicial da Oi|url=https://g1.globo.com/economia/noticia/justica-aprova-plano-de-recuperacao-judicial-da-oi.ghtml|jornal=G1|lingua=pt-BR}}</ref>{{Referências |colwidth=32em}}
{{Referências |colwidth=32em}}
 
==Ligações externas==
16

edições