Diferenças entre edições de "Escola de Sagres"

376 bytes adicionados ,  11h29min de 16 de julho de 2018
vide ref. Instituto de Camões
(http://ensina.rtp.pt/artigo/o-infante-d-henrique-e-o-mito-da-escola-de-sagres/)
(vide ref. Instituto de Camões)
A existência da escola tem sido alvo de debate há vários anos. No entanto, desde o início do século XX que a sua existência se encontra posta de lado. Os seus defensores são sobretudo escritores e historiadores ingleses que queriam enaltecer a figura e as ações do infante.<ref name="instcamoes">[http://cvc.instituto-camoes.pt/navegaport/g19.html Instituto Camões]</ref>.<ref name="infopedia"/>
 
Tal conduziu à lenda da [[Escola de Sagres|Escola Naval de Sagres]] (embora uma "escola" signifique aqui um grupo de estudo, e não um edifício).
A escola náutica terá sido fundada num local com uma baía larga, ideal para a navegação e a pouco mais de vinte quilómetros de Sagres, numa povoação que foi capital do reino dos Algarves, Lagos.
 
De acordo com uma carta testamentária, de 19 de Setembro de 1460, terá sido fundada nas imediações de Sagres uma vila cujo principal fundamento seria a assistência aos navegadores.
 
A escola náutica, no âmbito do centro de expedições, terá sido fundada num local com uma baía larga, ideal para a navegação e a pouco mais de vinte quilómetros de Sagres, numa povoação que foi capital do reino dos Algarves, Lagos.
 
==Antecedentes==
Utilizador anónimo