Diferenças entre edições de "Jogos Paralímpicos de Inverno"

56 bytes adicionados ,  20h06min de 17 de julho de 2018
m (→‎PyeongChang 2018: Pequenos ajustes. / Correções gerais de caráter ortográfico e gramatical. / Ajuste de pontuação e colocação das palavras.)
Pela primeira vez, os Jogos de Inverno foram descentralizados. Os desportos de gelo (hóquei sobre trenó e curling em cadeira de rodas) foram realizados em [[Turim]], enquanto que os eventos de neve foram realizados nas montanhas dos alpes, forçando a operação de duas vilas paralímpicas (nas cidades de [[Turim]] e [[Sestriere]]). As delegações de [[México]] e [[Mongólia]] participaram pela primeira vez na história dos Jogos Paralímpicos de Inverno. Esta edição apresentou a primeira participação da [[Itália]] nos eventos coletivos.<ref>{{citar web|url=https://www.olympic.org/news/firsts-at-the-torino-2006-paralympic-winter-games|título=Firsts at the Torino 2006 Paralympic Winter Games|data=2006-03-20|acessodata=2018-01-01}}</ref>
 
Motivado pelo sucesso inesperado dos Jogos Olímpicos e também pelo resultado da Itália nos mesmos, o interesse do público cresceu. No total, 169.974 ingressos foram vendidos para os eventos destes Jogos. Os bilhetesingressos disponíveis para a Cerimônia de Abertura, juntamente com as disputas de hóquei sobre trenó e do estreante curling sobre cadeirascadeira de rodas, se esgotaram pouco tempo após a abertura das bilheterias. O número recorde de 1.037 representantes da mídia chegaramchegou a Turim para cobrir os Jogos. A "host broadcaster" e a International Sports Broadcasting (ISB) forneceram mais de 130 horas de cobertura ao vivo. Faltando pouco tempo para a abertura, o IPC lançou o seu canal de televisão online nos Jogos (o ''Paralympic Sport.TV''), com quase 40 mil pessoas de 105 países assistindo as transmissões pelo mesmo. A maioria dos seus telespectadores eram dos Estados Unidos, Itália, Canadá, Alemanha e Japão. Este canal atraiu um aumento de cinco por cento em novos espectadores todos os dias dos Jogos.<ref>{{citar web|título= Torino 2006 Paralympic Winter Games |publicado= International Paralympic Committee | url = https://www.paralympic.org/torino-2006 |acessodata=2018-01-01}}</ref>
 
O quadro final de medalhas apresentou uma grande mudança. A [[Rússia]] terminou em primeiro lugar com 13 ouros (com 33 medalhas no total). Na segunda colocação apareceu a Alemanha com 8 ouros. A grande novidade foi a aparição da [[Ucrânia]], que ficou em terceiro com 7 ouros (e segundo no quadro total, com 25 medalhas). Os [[Estados Unidos]] terminaram na quarta colocação e a [[França]] em quinto. Também mereceram destaque as participações do [[Canadá]] (que ganhou as medalhas de ouro nos dois esportes coletivos, terminando os Jogos em sexto lugar com 5 ouros) e a Itália (que foi a nona colocada com dois ouros).<ref>{{citar web|título= Medal Standings - Torino 2006 Paralympic Winter Games |publicado= International Paralympic Committee | url = http://www.paralympic.org/Sport/Results/reports.html?type=medalstandings&games=2006PWG&sport=all |acessodata=2018-01-01}}</ref>
18 438

edições