Diferenças entre edições de "Economia mista"

334 bytes adicionados ,  02h42min de 18 de julho de 2018
sem resumo de edição
(Era uma afirmação tendenciosa, que comprometia a neutralidade do texto.)
{{Reciclagem|data=setembro de 2016}}
{{Sem-fontes|data=janeiro de 2013}}
[[Imagem:The farmer's market near the Potala in Lhasa.jpg|thumb|direita|300px|Liberdade para comprar, vender, lucrar e acumular riquezas, regulada por regras, leis, impostos e taxas.]]
 
{{Artigo principal|Economia social de mercado}}
 
Uma '''economia mista''' é uma forma de [[economia]] que combina dois ou mais modelos econômicos distintos. Como sistemas econômicos são complexos e geralmente híbridos, utiliza-se critérios de avaliação de sistemas econômicos ou modos de produção "ideais", como o feudalismo, capitalismo, socialismo. Na maior parte dos casos, trata-se de padrões ou modelos mais específicos, híbridos de variações de um sistema, intermediários entre padrões distintos como o capitalismo de mercado liberal e o capitalismo politicamente orientado. Mesmo assim a renda per capita continua evoluindo para com a destreza dos humanos perante o mundo que está la fora. Mesmo não sabendo lidar com isso os chineses sempre se comprometeram, por ter uma economia mista, que é o capitalismo econômico e o socialismo.
 
Como exemplo em períodos históricos anteriores, pode-se classificar o modelo econômico da Europa durante o período que vai do Renascimento até as vésperas da Revolução Industrial como um período intermediário entre uma economia [[feudal]] e outra tipicamente [[capitalista]]. Em algumas regiões da Europa já existiam características do capitalismo (acumulação de capital, propriedade privada, "financeirização" da economia), em outras o sistema econômico continuava tipicamente feudal.
 
Na atualidade, o conceito de "economia mista" é muito usado como sinônimo de modelos mistos entre [[economia de mercado]] e economia orientada, planejada, ou ainda [[economia planificada]]. Como modelos ideais puros nunca existiram, teoricamente todo sistema econômico poderia ser considerado misto em algum grau. Muitas vezes o conceito de economia mista também é usado também como sinônimo de modelo híbrido entre grandes sistemas socioeconômicos como o [[capitalismo]] e o [[socialismo]], embora existam diferentes modelos de regulação econômica nestes dois sistemas. Algumas fontes preferem o uso do termo "[[economia dirigida]]" em vez "socialismo" na definição da economia mista.
Geralmente os sistemas mistos pretendem encontrar um equilíbrio entre as características positivas de um modelo e de outro. Por exemplo, a "economia mista" produzida pelo ''"welfare state"'' pretende manter um balanço entre o crescimento económico, baixa inflação, níveis de desemprego reduzido, boas condições de trabalho, assistência social e bons serviços públicos, através da intervenção do Estado na economia.
 
A maioria dos países do mundo atualmente, incluindo países com regimes políticos considerados [[democracia|democráticos]], como na [[Europa]] ou nos [[Estados Unidos|EUA]], têm uma economia mista. No caso dos países capitalistaseconomicamente desenvolvidos nota-se com maior clareza a ocorrência de longos períodos de economia mais liberal ou de desregulamentação pró-mercado (do início do século XX até 1929o início dos anos 1920 e dos anos 19801970 aos 20001990) e outros períodos de maior regulação ou intervenção do Estado na economia (entre 19301924<ref>{{citar web|URL=http://rothbardbrasil.com/a-grande-depressao-uma-analise-das-causas-e-consequencias/|título=A Grande Depressão - uma análise das causas e consequências |autor=|data=|publicado=|acessodata=17 de julho de 2018}}</ref> e a II Guerra Mundial,; e atéentre os anos 1950 e 1960,; oue atualmente,alguns apósanos aantes crisedas [[Bolha da Internet|crises econômicas de 2000]] e de [[Crise econômica de 2008-20092007–2008|2007–2008]]).
 
 
{{referências}}
 
== Ver também ==
14 137

edições