Abrir menu principal

Alterações

Batalha da Grã-Bretanha

Sem alteração do tamanho, 22 julho
m
Foram revertidas as edições de 2804:7F3:8689:DF15:6DD4:A2CE:1B6:6038 para a última revisão de Coltsfan, de 21h10min de 22 de maio de 2018 (UTC)
|força2 = 2 550 aeronaves (no auge)
|força3 =
|baixas1 = 1 547 aeronaves perdidas<br />(1 542 pilotos e tripulantes mortos)<br /><br />2340 000 civis mortos
|baixas2 = 1 887 aeronaves perdidas<br />(2 698 pilotos e tripulantes mortos, 967 capturados)
|baixas3 =
Em termos numéricos, a RAF perdeu 1023 aviões (todos caças), enquanto a Luftwaffe 1887 (dos quais, 873 caças).<ref>Ibidem Lespinois, 2012. Pág. 147.</ref> Assim, no total a RAF levou vantagem na razão de 1,8, embora nos registros de combates caça-caça a relação se inverta, tendo sido superada pela Luftwaffe na razão de 0,85, descendo ainda a 0,64 quando se tratou de combate entre caças monomotores.<ref>Ibidem Lespinois, 2012.</ref>
 
Na defesa aérea do Reino Unido, entre 10 de Julho e 31 de Outubro, do lado britânico contou-se 544 mortos militares, entre os quais além de 402 aviadores britânicos, 5 belgas, 7 tchecos, 29 poloneses, 3 canadenses e 3 neozelandeses. Os mortos alemães, incluindo os tripulantes de bombardeiros chegaram a 2698. No entanto, os maiores números de mortes foram civis. Dentre os britânicos, que tiveram o maior número de mortos civis nesta batalha, estima-se cerca de 2340.000 mortos civis e 46.000 feridos e mutilados.<ref>Ibidem Lespinois, 2012.</ref>
 
== Ficha técnica dos caças envolvidos ==