Diferenças entre edições de "Taxa de licença de televisão"

22 bytes removidos ,  21h40min de 22 de julho de 2018
A taxa de licença foi abolida em 1992 pelo governo [[Cavaco Silva]], a taxa financiava a emissora pública nacional [[RTP]]. Foi substituída por subsídios diretos do governo e anúncios.<ref>https://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/3064</ref>
 
No entanto, desde a fusão entre as empresas públicas de rádio e televisão em Portugal, uma fração da taxa de licença de rádio serviu para financiar o canal comercial livre de publicidade [[RTP2]]. A taxa de licença de rádio foi instituída no início da década de 1990 para financiar os canais de rádio públicos que são livres de publicidade e é cobrada através de contas de energia elétrica sob a denominação "[[Contribuição audiovisual|Taxa de Contribuição Audiovisual]]". A taxa de licença de rádio é de aproximadamente € 33 por ano (€ 2,81 por mês).
 
==Países que nunca tiveram uma taxa de licença de televisão==