Joaquim Letria: diferenças entre revisões

167 bytes adicionados ,  15h20min de 24 de julho de 2018
A 19 de Abril de 1986 Joaquim José da Conceição Letria foi agraciado com a Grã-Cruz da [[Ordem Militar de Cristo]].<ref>{{citar web |url=http://www.ordens.presidencia.pt/?idc=153 |título=Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas |autor=|data= |publicado=Presidência da República Portuguesa |acessodata=2015-02-24 |notas=Resultado da busca de "Joaquim José da Conceição Letria".}}</ref>
 
Regressado à RTP, apresentou o programa ''Já Está'' e onde entrevistou a famosa D. [[Maria Pia de Saxe-Coburgo e Bragança]], masalegada filha legitimada do rei [[Carlos I de Portugal|D. Carlos I de Portugal]]. Contudo, em 1988 saiu da RTP após aceitar o convite de [[Pedro Santana Lopes]] para dirigir a revista de grande informação ''[[Sábado (revista)|Sábado]]'', cargo que ocuparia até janeiro de 1992, altura em que deixou a direção da revista, mantendo-se como [[Crónica (género)|cronista]] até ao seu encerramento de 1993. Entretanto, volta à RTP, desta feita à [[RTP Internacional]], para apresentar o programa ''Rosa dos Ventos''.<ref name="inf12"/>
 
No início dos [[década de 1990|anos 90]] apresentou, na [[RTP2]], o programa ''[[Apanhados]]'' (o primeiro do género em Portugal), que contava com ''[[sketch]]es'' de [[José Pedro Gomes]] e [[António Feio]].