Diferenças entre edições de "Lídia"

3 bytes removidos ,  23h12min de 29 de julho de 2018
sem resumo de edição
(Correção de erro gramatical, provavelmente um erro de digitação, na verdade, onde estava escrito "por que" separado em uma frase onde ele estaria representando causa/justificação.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
'''Lídia''' ({{langx|el|Λυδία||Lydia}}) era o nome de uma região na porção ocidental da antiga [[Ásia Menor]] ([[Anatólia]]) cuja origem foi um importante reino [[neo-hitita]] que prosperou na [[idade do ferro]] ali, o [[Reino da Lídia]]. Seu território geralmente é localizado a leste da antiga [[Jônia]], onde estão hoje as modernas províncias da [[Turquia]] ocidental de [[Província de Uşak|Uşak]], [[Província de Manisa|Manisa]] e a porção interior de [[Província de Izmir|İzmir]].
 
Em sua maior extensão, o Reino da Lídia cobria toda a Anatólia ocidental e a região toda foi chamada de Lídia por toda a [[Antiguidade Tardia]] e na [[Idade Média]]. A [[Lídia (satrapia)|Lídia]] (conhecida como ''Sparda''Esparda pelos [[aquemênidas|persas aquemênidas]]) era uma [[satrapia]] (província) do [[Império Aquemênida]], com capital em [[Sardes]],<ref name=rhodes>Rhodes, P.J. ''A History of the Classical Greek World 478-323 BC''. 2nd edition. Chichester: Wiley-Blackwell, 2010, p. 6.</ref> com [[TabalusTábulo]], nomeado por [[Ciro, o Grande]], como seu primeiro [[sátrapa]] (governador). Durante o período romano, a Lídia foi incorporada pela [[província da Ásia]] e depois separada numa província distinta, mas com território muito menor que o antigo.
 
A Lídia é famosa porque acredita-se que o uso de [[moeda]]s tenha sido inventado ali<ref>"Lydia" in ''Oxford Dictionary of English''. [[Oxford University Press]], 2010. Oxford Reference Online. 14 October 2011.</ref> por volta do {{-séc|VII}}