Abrir menu principal

Alterações

109 bytes removidos ,  04h47min de 31 de julho de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 201.62.91.251, com Reversão e avisos
| população = 44.582
| data_pop = IBGE [[IBGE]]/[[2017]]<ref name="IBGE_Pop_2017">{{citar web |url = http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=351670&search=sao-paulo%7cgarca%7cinfograficos:-informacoes-completas|título=IBGE}}</ref>
|densidade=80| altitude = 683
| clima =Subtropical
| sigla_clima = Cfa
==Transporte==
===Rodoviário===
O terminal rodoviário de passageiros serviaserve o município com linhas regulares para as principais cidades do Estado, atualmente esta inativa.
* Rodovias
* BR 153 - Rodovia Transbrasiliana
 
===Urbano===
Garça conta com a empresa Raptur - Rápido Transporte Coletivo de Garça servida por linhas regulares. A sua frota é de 17.574 veículos segundo IBGE. Garça conta ainda com cerca de 95% das vias públicas da cidade pavimentadas, uma área urbana arborizada, cerca de 1200 estabelecimentos comerciais e um Distrito (Jafa). '''Jardim Brasil''' é um [[bairro]] da [[São Paulo (cidade)|cidade]].  '''A''' Araceli, Aurélio Di Falco, '''C''' Cascata, Conjunto Habitacional Cdh, Conjunto Habitacional Garça I, Conjunto Habitacional Garça II, '''D''' Distrito Industrial, Distrito Jafa '''E''' Estação Velha, '''F ''' Ferrarópolis '''H''' Hilmar Machado '''J''' Jafa  Jardim Centenário Jardim Giseli Jardim João Paulo II  Jardim Marajó Jardim Mondrian, Jardim Morada Sol, Jardim Paineiras, Jardim Paulista, Jardim São Lucas, Jardim Sol Nascente, João Paulo II,  José Ribeiro '''L''' Labienópolis  Lúcio O Lima Sobº '''M''' Mariana '''P''' Parque Real, '''R''' Rebelo Residencial Estação Velha, Rural '''S''' Santo André, São Lucas  Sítio Rua Jardim Adrianita  '''V''' Vila Araceli Vila Cascata Vila Guanabara
 
Vila José Ribeiro   Vila Mariana  Vila Nova Garça  Vila Paulista  Vila Rebelo  Vila Salgueiro  Vila '''W''' Willians.
=== Bairros ===
A cidade de Garça é composta pelos seguintes bairros: Distrito Industrial I,II e III,Estação Velha, Ferrarópolis, Hilmar Machado, Jardim Brasil, José Ribeiro, Jardim Guanabara, Jardim Morumbi, Jardim São Rafael, Jardim Morada do Sol, Jardim Imperador, Jardim Sol Nascente, Jardim Morumbi, Jardim Europa, José Ribeiro, Jardim Paineiras, Jardim Cascata, Jardim dos Eucaliptos, Jardim Centenário, Jardim Cafezal, Jardim Altos do Cafezal, Jardim São Lucas, Jardim Mondriant, Jardim Paulista, Jardim João Zapata, Jardim João Paulo I e II, Jardim Campo Belo, Jardim Nova Garça, Jardim São Benedito, Jardim Adrianita, Labienópolis, Miguel Monico, Residencial do Bosque, Residencial Monte Verde, Residencial EcoVille, Residencial Dream Village Eco Park, Residencial Portal do Lago, Residencial Gran Vilaggio, Takeo Toyota, Vila Williams I e II, Vila Mariana, Vila Salgueiro, SEAC I, II, III e IV.
 
== Esportes ==
===Cerejeiras Festival===
Sendo forte a presença da colônia japonesa no Brasil, uma boa parte desses imigrantes se concentrou no município de Garça, SP. As primeiras mudas de cerejeira foram trazidas para o Brasil pelos imigrantes japoneses, na década de 1930. Devido ao clima quente, elas somente conseguiram se desenvolver nos locais mais frios, especialmente no sul do país e no estado de São Paulo, e apresentando magníficas florações por ocasião da chegada da Primavera. Tendo sido uma iniciativa dos colonos japoneses em nosso país, é importante frisar que as cerejeiras estão sempre ligadas às suas colônias, e que raramente iremos encontrá-las onde não houver um grupo nipônico radicado. Assim, o Cerejeiras Festival representa um momento em que as tradições japonesas são lembradas e mantidas acesas mesmo em terras distantes
Na década de 1970 foram trazidas diversas mudas de cerejeira para a cidade, que foram plantadas ao redor do Lago Artificial J.K Williams. A partir de 1986, a população garcense passou a celebrar a floração das cerejeiras - nos meses de junho e julho - e foi quando passou a acontecer a Festa da Cerejeira, hoje denominada Cerejeiras Festival, que reúne anualmente nada menos que cerca de 300 mil visitantes. A festa é realizada sempre entre os meses de junho e julho, contando com atrações como enorme quantidade de barracas de culinária japonesa e artesanato, dança, artes marciais, workshops de origami, taiko, cosplay, mangá e anime e shows diversos inclusive de artistas famosos de vários estilos, atraindo visitantes de todo o território nacional. Em 2017 o Cerejeiras Festival entrou no calendário nacional do turismo e foi eleita pelo consulado japonês do Brasil definitivamente o maior evento japonês do Brasil. No ano de 2018 a festa entrou para a história e contou com a presença do cônsul geral do Japão no Brasil.
 
===Outros Eventos===