Terapia de vidas passadas: diferenças entre revisões

m
"à outras" não existe.
m ("à outras" não existe.)
Vemos nessa passagem do “Livro dos Espíritos” que é possível lembrar de existências anteriores, quando há um motivo útil e quando os espíritos superiores aprovam.
 
Estudiosos espíritas costumam dizer que a TVP não é uma [[brincadeira]], mas uma técnica séria e que deve, portanto, ser procurada apenas quando necessária. Em outras palavras, não se deve encarar a regressão como uma chance de descobrir uma vida passada ilustre ou por mera curiosidade.<blockquote>Apesar da confusão sobre os dois temas: terapia de vidas passadas e espiritismo (pelo fato da TVP se basear na crença da reencarnação) a terapia se baseia em preceitos científicos estruturados através de estudos e pesquisas realizadas por psicólogos e psiquiatras como: Maria Júlia Peres, Lívio Túlio Pincherle, Hernani Guimarães Andrade, Hellen Wambach, Morris Netherton, etc. É um processo psicoterápico que trata de problemas psicológicos e emocionais, já o Espiritismo é uma doutrina religiosa, com crenças e dogmas que procuram ajudar o homem a resolver seus problemas de ordem espiritual para alcançar uma melhor evolução de seu espírito a longo prazo. Espiritismo é religião, terapia de vidas passadas é ciência, ainda com suas dúvidas e controvérsias, mas embasada em teorias semelhantes àa outras disciplinas psicológicas.<ref>{{citar web|url=http://www.vidaspassadas.net/|titulo=Site vidaspassadas.net|data=2010|acessodata=15/12/2016|publicado=|ultimo=Souza|primeiro=Ney}}</ref></blockquote>No livro Memória Cármica Emocional é descrito o Mecanismo do Carma, aliando mensagens psicografadas, ciência e casos verídicos, com seus desdobramentos complexos que envolvem as relações afetivas, que muitas vezes na vida atual, apresentam conflitos sem causa conhecida, sentimentos ocultos, que advém das memórias e de nossas experiências do passado. Quando acessamos a causa, mudamos nossa percepção e comportamento.
 
== Visão cética ==
99 763

edições