Diferenças entre edições de "Identificador único universal"

978 bytes adicionados ,  17h19min de 10 de agosto de 2018
sem resumo de edição
m
Um '''identificador único universal''' (do inglês '''universally unique identifier''' - '''UUID''') é um número de [[128 bits]] usado para identificar informações em sistemas de computação.<ref>[https://tools.ietf.org/html/rfc4122 RFC 4122]</ref> O termo '''identificador único global''' ('''globally unique identifier''' - '''GUID''') também é utilizado. Um UUID é simplesmente um valor de 128 bits. O significado de cada bit é definido por qualquer uma das diversas variantes.
 
Quando gerado de acordo com os métodos padrões, os UUIDs são únicos, para fins práticos, sem depender de sua singularidade em uma autoridade central de registro ou coordenação entre as partes que os geram, ao contrário da maioria dos outros [[Esquema de numeração|esquemas de numeração]]. Embora a probabilidade de um UUID ser duplicado não seja zero, ele está próximo o suficiente para ser insignificante.
 
Assim, qualquer pessoa pode criar um UUID e usá-lo para identificar algo com quase certeza de que o identificador não duplica um que já tenha sido ou será criado para identificar outra coisa. As informações rotuladas com UUIDs por partes independentes podem, portanto, ser posteriormente combinadas em um único banco de dados ou transmitidas no mesmo canal, com uma probabilidade insignificante de duplicação.
 
A adoção de UUIDs e GUIDs é generalizada, com muitas plataformas de computação fornecendo suporte para gerá-las e analisando sua representação textual.
 
== Codificação ==
Para exibição legível para os seres humanos, muitos sistemas usam um [[formato canônico]] usando texto [[hexadecimal]] com caracteres hífen inseridos. Por exemplo: