Premier League: diferenças entre revisões

63 bytes removidos ,  23h37min de 12 de agosto de 2018
''Ver também [[Premier League de 2017–18#Informações das Equipes|Estádios da Premier League de 2017–18]]
[[File:Old Trafford - panoramio - Flippo.jpg|thumb|[[Old Trafford]] é o maior estádio da Premier League.]]
A Premier League foi disputada em 5058 estádios desde a sua formação em 1992. O [[desastre de Hillsborough]] em 1989 e o subsequente [[Relatório Taylor]] sugeriram uma recomendação para que os antigos modelos de estádios fossem abolidos; como resultado, todos os estádios da Premier League têm assentos.<ref>{{Citar web |url=http://www.independent.co.uk/sport/football-fayeds-race-against-time-1087976.html |obra=The Independent |língua=en |titulo=Football: Fayed's race against time |primeiro=Norman |último=Fox |data=18 de abril de 1999}}</ref><ref>{{citar web |primeiro=Matt |último=Slater |titulo=Call grows for return of terraces |url=http://news.bbc.co.uk/sport1/hi/football/6444083.stm |obra=BBC Sport |publicado=British Broadcasting Corporation |data=14 de março de 2007 |acessodata=24 de novembro de 2012|língua=en}}</ref>
 
Desde a formação da liga, os campos de futebol na Inglaterra têm sofrido melhorias constantes na capacidade e nas instalações, com alguns clubes se mudando para novos estádios.<ref name="Matchmood">{{citar web |primeiro=Chris |último=Whyatt |titulo=Match-going mood killers? |url=http://news.bbc.co.uk/sport1/hi/football/eng_prem/7168641.stm |obra=BBC Sport |publicado=British Broadcasting Corporation |data=3 de janeiro de 2008 |acessodata=24 de novembro de 2012|língua=en}}</ref> Nove estádios de futebol onde ocorreram jogos da Premier League já foram demolidos. A capacidade combinada total da Premier League na temporada 2010–112017–18 foi de 770806.477033, com uma capacidade média de 3840.523302.<ref name="PLHandbook">{{citar web|url=http://www.premierleague.com/staticFiles/4f/53/0,,12306~152399,00.pdf |titulo=Premier League Handbook: Season 2010/11 |publicado=Premier League |ano=2010 |página=454 |acessodata=24 de novembro de 2012|língua=en|formato=PDF}}</ref>
 
O público nos estádios é uma importante fonte de receita para os clubes da Premier League. Na temporada de 2012–13, a média foi de {{formatnum:36631}} espectadores e um público total de {{formatnum:13919810}}, o que representa um aumento de {{formatnum:15505}} face à média de público de {{formatnum:21126}} registrados na primeira temporada da liga (1992–93). No entanto, durante a temporada de 1992–93 as capacidades da maioria dos estádios foram reduzidas, com os clubes substituindo arquibancadas por assentos, a fim de atender ao Relatório Taylor.<ref name="Relatório"/> A média recorde da Premier League foi de 36 144 em 2007–08.<ref>{{citar web |url=http://www.mondaq.com/article.asp?articleid=61472 |titulo=United Kingdom: Deloitte Annual Review Of Football Finance Highlights |obra= Deloitte Sports Business Group |publicado=Mondaq |data=4 de junho de 2008 |acessodata=24 de novembro de 2012|língua=en}}</ref>
 
Em 2013, dezesseis dos vinte clubes da Premier League estavam entre os cem com maior média de público do mundo, segundo a Pluri Consultoria.<ref name="fxbra">{{citar web|url=http://www.foxsports.com.br/noticias/113112-corinthians-e-o-brasileiro-com-maior-media-de-publico-do-mundo |titulo=Corinthians é o brasileiro com maior média de público do mundo |publicado=Fox Sports Brasil |ano=2013 |acessodata=2 de setembro de 2013}}</ref> Apesar de as mudanças terem aumentado a média de público do futebol inglês e torná-lo também o mais visto no mundo, as mudanças estruturais são criticadas, devido a uma elitização do público nos estádios, fazendo com que as classes mais baixas tenham pouco acesso aos estádios porque o preço dos ingressos tornou-se caro demais para boa parte da população. Uma pesquisa feita pelo [[The Guardian]] mostrou que os ingressos da Premier League são os mais caros entre as quatro principais ligas de futebol do mundo (junto com [[La Liga]], [[Bundesliga]] e [[Serie A]]). O estudo mostrou que o preço médio do ingresso mais barato na primeira divisão inglesa custa cerca de £28,30 e o ''ticket'' anual £467,95, mais que o dobro da Bundesliga, que apresentou os menores preços (£10,33 e £207,22, respectivamente).<ref name="guardianp">{{citar web|url=http://www.guardian.co.uk/news/datablog/2013/jan/17/football-ticket-prices-premier-league-europe |titulo=How do ticket prices for the Premier League compare with Europe? |publicado=[[The Guardian]] |data=19 de janeiro de 2013 |acessodata=24 de junho de 2013|língua=en}}</ref><ref name="guardianpp">{{citar web|url=http://www.guardian.co.uk/news/datablog/2013/jun/19/premier-league-ticket-prices-club-charge-the-most |titulo=Premier League ticket prices: which clubs charge the most? |publicado=[[The Guardian]] |data=19 de junho de 2013 |acessodata=24 de junho de 2013|língua=en}}</ref> Segundo o The Guardian, existe um perigo real de "gerações futuras serem perdidas" do futebol, em vista de os torcedores entre 18 e 30 anos estarem sendo deixados de fora dos estádios. Mas segundo Richard Scudamore, diretor da Premier League: "Os torcedores claramente aproveitam o ambiente onde assistem as partidas da Premier League e o futebol que oferecem, com taxas de ocupação nos estádios de 95% nesta temporada e acima dos 90% nos últimos 15 anos".<ref name="guardianppp">{{citar web|url=http://www.guardian.co.uk/football/2013/jan/17/high-ticket-prices-premier-league |titulo=High ticket prices risk excluding a generation from English football |publicado=[[The Guardian]] |data=17 de janeiro de 2013 |acessodata=24 de junho de 2013|língua=en}}</ref> Essa situação se reflete no aspecto dos jogos de futebol do país, que também e criticada, devido aos torcedores não contribuírem com uma melhor atmosfera com cânticos ou incentivos, fazendo com que os estádios se parecem mais com teatros, pois os fãs "são substituídos por clientes que esperam ser entretidos pelo dinheiro que estão pagando".<ref name="telegraph.co">{{citar web|url=http://www.telegraph.co.uk/sport/football/2287768/Wheres-the-Premier-League-atmosphere-gone.html |titulo=Where's the Premier League atmosphere gone? |publicado=Telegraph |ano=2008 |acessodata=24 de junho de 2013|língua=en}}</ref>
1 459

edições