Diferenças entre edições de "Juan Almeida Bosque"

7 bytes removidos ,  15h22min de 13 de agosto de 2018
m
+ infobox + controle de autoridade
m (traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes)
m (+ infobox + controle de autoridade)
{{Info/Biografia/Wikidata}}
[[Ficheiro:Juan Almeida Bosque.jpg|thumb|Juan Almeida Bosque]]
'''Juan Almeida Bosque''' ([[Havana]], [[17 de fevereiro]] de [[1927]] – Havana, [[11 de setembro]] de [[2009]]<ref name="El País">{{citar web|url = http://www.elpais.com/articulo/internacional/Fallece/vicepresidente/cubano/Juan/Almeida/Bosque/elpepuint/20090912elpepuint_8/Tes |título = Fallece el vicepresidente cubano Juan Almeida Bosque |acessodata = 12-9-2009 |último = |primeiro = |data = 12 de setembro de 2009 |editora = El País / Agencias |idioma = }}</ref>) foi um político [[cubanos|cubano]] e um dos comandantes originais da [[Revolução Cubana]].<ref>[http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,morre-vice-presidente-cubano-juan-almeida,433749,0.htm Morre o vice-presidente cubano Juan Almeida Bosque]</ref>
 
==Biografia==
Juan Almeida é considerado como a terceira figura mais relevante do poder cubano depois de [[Fidel Castro]] e seu irmão [[Raúl Castro]]. Integrante da luta contra a ditadura de [[Fulgencio Batista]] começou sua atividade revolucionária em [[1952]] participando do [[Assalto ao Quartel Moncada]] em [[1953]]. Destacou-se nas lutas revolucionárias depois do desembarque do [[Granma (embarcação)|Granma]] destacando-se nelas. Depois do triunfo da Revolução em [[1 de janeiro]] de [[1959]], Almeida teve numerosas responsabilidades.
 
Fez parte do Birô Político do Comitê Central do Partido desde sua fundação em [[1965]] sendo ratificado em todos os congressos. Foi eleito deputado para a Assembleia Nacional e Vice-presidente do [[Conselho de Estado]], desde a primeira legislatura do Parlamento cubano do novo período que se abriu depois do primeiro de janeiro [[1959]]. Foi comandante da Revolução e presidente [[Associação de Combatentes da Revolução Cubana]]. Em sua faceta de compositor e escritor, lançou mais de 300 canções e uma dezena de livros.<ref name=cubadebate>[http://www.cubadebate.cu/especiales/2009/09/12/fallecio-comandante-revolucion-juan-almeida-bosque/ Cuba Debate. Falleció el Comandante de la Revolución Juan Almeida Bosque.]</ref>
 
==Morte==
Almeida morreu de um ataque cardíaco em 11 de setembro de 2009.<ref name=reuters>{{citar jornal|título=Cuba revolution commander Juan Almeida dies at 82|data=12 de setembro de 2009|acessodata=12 de setembro de 2009|publicado=Reuters India|url=http://in.reuters.com/article/worldNews/idINIndia-42408520090912?sp=true}}</ref> Em 13 de setembro, uma cerimônia memorial foi realizada na Plaza de la Revolución, em Havana, e várias outras foram realizadas em todo o país. Ele recebeu um [[Cortesia militar|funeral militar]] em um mausoléu nas montanhas perto de [[Santiago de Cuba]], uma área em que ele havia lutado durante a revolução.<ref name=brisbane>{{citar jornal|título=Cuban revolutionary commander Almeida dies|data=13 de setembro de 2009|acessodata=13 de setembro de 2009|publicado=Brisbane Times|url=http://www.brisbanetimes.com.au/world/cuban-revolutionary-commander-almeida-dies-20090913-flsb.html}}</ref> Um dia de luto nacional foi declarado, com bandeiras hasteadas a meio pau.<ref name=bbc2>{{citar jornal|título=Cuba mourns key revolution leader|data=13 de setembro de 2009|acessodata=13 de setembro de 2009|publicado=BBC News|url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/americas/8252977.stm}}</ref>
{{Referências}}
 
{{Controle de autoridade}}
{{Esboço-político}}
 
{{DEFAULTSORT:Almeida Bosque, Juan}}