Diferenças entre edições de "Tratado de Sèvres"

1 byte adicionado ,  03h09min de 14 de agosto de 2018
sem resumo de edição
m
 
==Mudanças territoriais==
As suas cláusulas consagravam a perda, pela [[Turquia]], não apenas da [[Palestina (região)|Palestina]], [[Síria]], [[Líbano]] e [[Mesopotâmia]], mas também praticamente de todos os territórios otomanos na Europa (com exceção de [[Constantinopla]]) e da região de [[Esmirna]], ambas entregues à [[Grécia]]. Além disso, o tratado estipulava que os estreitos de [[Bósforo]] e dos [[Dardanelos]], assim como o [[mar de Mármara]], seriam transformados em zonas neutras desmilitarizadas (internacionalizadas) e sua travessia permitida, em quaisquer circunstâncias, a todos os navios estrangeiros, mercantes ou de guerra. O tratado ainda contemplava os [[curdos]] com uma região autônoma e os [[armênios]] com terras da [[Armênia Ocidental]], o que foi totalmente rejeitado pelos turcos.<ref name=":0" />{{Referencias}}
 
== Ver também ==
 
* [[Mandato Britânico da Mesopotâmia]]
* [[Megáli Idea]]
 
{{Referencias}}
 
{{Authority control|VIAF=179077284}}