Abrir menu principal

Alterações

1 076 bytes adicionados, 23h52min de 15 de agosto de 2018
removeu as referências
{{Fontes primárias|data=maio de 2017}}
[[Ficheiro:Japamala com sementes de rudraksha e quartzo rosa.jpg|miniaturadaimagem|Japamala hindu de 108 contas com sementes de rudraksha, ou Lágrimas de Shiva.]]
'''Japamala''' (''japamālā'', जपमाला) é um cordão de contaso '''rosário''' usado as tradições orientais como '''hinduísmo''' e '''budismo''' para contar o número de vezes que um '''mantra''' é recitado, contar as '''respirações''' feitas durante a meditação, oue também para a '''proteção''' contra energia negativa<ref>{{Citar periódico|titulo=Japamala 108 contas {{!}} 54 contas {{!}} 27 contas - Mãos Ocupadas|url=https://maosocupadas.com.br/japamala/|jornal=Mãos Ocupadas|lingua=pt-BR}}</ref>.
 
A palavra '''japamala''' vem do '''sânscrito''' onde “jap” significa “murmurar, sussurrar” e “mala” quer dizer “cordão, colar”. Podem ser confeccionados de diversos materiais e decorado de inúmeras formas. No entanto, devem ter sempre '''108 contas''' ou divisores deste número (em54, geral27, 18, 9)<ref>{{Citar periódico|titulo=Japamala 108 contas {{!}} 54 oucontas {{!}} 27) contas - Mãos Ocupadas|url=https://maosocupadas.com.br/japamala/|jornal=Mãos Ocupadas|lingua=pt-BR}}</ref>.
 
É um objeto antigo de devoção espiritual, conhecido também como rosário de orações no [[ocidente]]. É um [[artesanato]] muito utilizado para ajudar nas orações e mentalizações como marcador. Temos então duas correntes: uma espiritual, "Japa", e outra material, "Mala". Assim, as energias espirituais invocadas "Japa" energizam o "Mala".<ref>[http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=11741 O que é um japamala e como utilizar]</ref>
 
Um japamala é geralmente composto por 108 contas e o “meru”, conta central que marca o início e o fim do mala. Também é possível encontrar japamalas menores, variando de 27 ou 54 contas, todas subdivisões de 108. Segundo a filosofia [[yogui]], ao se completar o circuito de 108 repetições da oração, mentalização ou mantra, alcança-se um estágio superior na consciência chamado de [[transcendental]] (o estágio que ultrapassa as fixações da mente, mantendo a consciência concentrada em si mesma).
 
=== As partes do japamala ===
Embora não haja uma regra sobre as partes que compõe o japamala,<ref>[https://maosocupadas.com.br/as-partes-do-japamala/ As partes do Japamala]</ref> alguns itens são mais frequentes - ou até mesmo obrigatórios - na confecção do japamala. Entre as partes mais comumente observadas estão: Contas; Cordão; Entremeios; Marcadores; Meru; Tassel ou ponteira.
 
=== Meditação com japamala ===
 
==Sementes de rudraksha==
Entre os inúmeros materiais dos quais podem ser feitos um japamala, o mais famoso são as sementes de [[rudraksha]], também conhecida como lágimas de [[Shiva]], planta nativa da Ásiaásia<ref>{{Citar periódico|titulo=Semente de rudraksha: o que é e para que serve - Mãos Ocupadas|url=https://maosocupadas.com.br/o-que-e-semente-de-rudraksha/|jornal=Mãos Ocupadas|lingua=pt-BR}}</ref>. Segundo a crença indiana, Buda recebeu sua iluminação enquanto meditava sob uma árvore de rudraksha. A partir desta crença, foram atribuídas à rudraksha propriedades medicinais que vão desde o controle do estresse e redução de problemas circulatórios até a [[cura]] de doenças mais severas.
 
No entanto, é importante ressaltar que até o momento não foram desenvolvidas pesquisas científicas definitivas que pudessem comprovar as supostas propriedades medicinais da rudraksha.<ref>[http://www.rudraksha-ratna.com/rudraksha.htm Rudraksha science therapy] {{en}}</ref>
 
[[Ficheiro:Japamala com sementes de açaí de 108 contas.jpg|miniaturadaimagem|Japamala de 108 contas feito com sementes de açaí.]]
 
Na tradição indiana, a confecção dos japamalas geralmente é feita com sementes de rudraksha. Para “tropicalizar” a tradição milenar indiana e tornar o japamala algo mais acessível à realidade e cultura brasileira, é possível encontrar japamalas confeccionados com sementes de açaí<ref>{{Citar web|url=http://www.maosocupadas.com/2014/08/japamala-de-acai-tropicalizando.html|titulo=Japamala de açaí: tropicalizando a tradição milenar|acessodata=2017-12-13|obra=www.maosocupadas.com}}</ref>.
 
{{esboço-religião}}
Utilizador anónimo