Diferenças entre edições de "Banda Calypso"

23 bytes removidos ,  00h27min de 24 de agosto de 2018
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição via aplic. móvel Edição via aplic. Android
O disco teve edições lançadas sem as faixas "Loirinha" e os dois ''pot-pourris'' de [[carimbó]], ambas músicas cantadas por Dinho. O cantor atuava em palco nos intervalos de Joelma, quando a própria tinha acabado seu bloco no show e ia trocar de figurino, assim dando continuidade ao ''show''. A banda foi apoiada pelo [[Gilberto Barros]], mais conhecido como Leão, na qual trabalhava como animador e apresentador do programa ''[[Sabadaço]]'', na [[Rede Bandeirantes|Band]]. Neste programa, além do ''Boa Noite Brasil'', a banda apresentou seu trabalho por diversas vezes, assim conquistando partes do país onde a banda ainda não tivera oportunidade de estarem presentes.
 
=== 2002–032002–04: ''O Ritmo Que Conquistou oVolume Brasil!3'', ''Volume 4'' e ''Banda Calypso: Ao Vivo Em São Paulo''===
Após o lançamento do disco ''[[Banda Calypso Ao Vivo|Ao Vivo]]'', a banda entrou em estúdio em [[2002]] para gravar seu terceiro disco intitulado ''[[O Ritmo que Conquistou o Brasil]]''. As músicas que tiveram maior destaque entre coletâneas onde se reuniam diversas bandas foram as baladas românticas ''[[Maridos e Esposas]]'' e ''Desfaz as Malas''; porém, os ''hits'' dançantes tiveram grande importância, dentre eles ''[[Temporal (canção de Banda Calypso)|Temporal]]'', ''Só Vai Dar Eu e Você'' e ''Zouk Love'' (músicas interpretadas pelo cantor Dinho e composta pelo cantor [[Beto Barbosa]]), ''Príncipe Encantado'' e ''[[Chamo por Você]]''. Em [[2003]] a banda volta a Recife para participar da primeira festa do São João da Capitá, que teve exibição na [[Rede Globo]]. Com um repertório baseado nos três discos lançados, o público participou do show do início ao fim, cantando e dançando todas as músicas.
 
3 048

edições