Diferenças entre edições de "Empresa transnacional"

3 bytes removidos ,  14h05min de 27 de agosto de 2018
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 189.72.98.252 para a última revisão de 170.0.31.212, de 22h25min de 19 de junho de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
[[Ficheiro:The McDonalds at Guantanamo.jpg|thumb|250px|Restaurante [[McDonald's]] em [[Guantánamo]], Cuba<br />Exemplo de multinacional integrada horizontalmente.<br /> Abaixo, expansão cronológica de McDonald's: [[Ficheiro:McDonaldsWorldLocations.svg|right|230px]]]][[Ficheiro:Panama 7th infantry 1990 DF-ST-91-02532.jpg|thumb|250px|Anúncio da [[Coca-Cola]] com soldados americanos no [[Invasão do Panamá pelos EUA em 1989|Panamá]].<br />Exemplo de multinacional integrada verticalmente.<br /> Abaixo, consumo anual de Coca-Cola: [[Ficheiro:Cocapassimondiale-1.png|right|230px]]]]
 
'''COCÔNIBUS
'''Multinacionais''' ou '''Transnacionais''' são derivados do termo original '''Internacional''' relativo a, ou que se realiza entre nações. [[Organização internacional|Organização Internacional]]. Apesar de as empresas internacionais atuarem em vários países, elas possuem uma única sede. Todas estas tendências foram determinantes para a consolidação do sistema oligopolista das empresas internacionais e na assunção do papel central destas empresas no comércio global, de uma forma nunca antes vista. Nesse sentido, se em 1906, havia duas ou três empresas líderes, com ativos que giravam na casa dos US$ 500 milhões, em 1971 havia 333 empresas deste tipo, sendo que um terço destas apresentava ativos na casa de pelo menos US$ 1 bilhão. Aliás, neste período, cerca de 70 a 80 % do comércio mundial era controlado e realizado por empresas internacionais.<ref name=":2" />
 
Ao longo dos últimos 25 anos, evidenciamos uma maciça proliferação de empresas internacionais. Se em 1970, havia cerca de 7.000 empresas internacionais com controle acionário, atualmente esse número saltou para 38.000, sendo que 90 por cento delas possuem como sede nos países ricos e industrializados e controlam mais de 207.000 filiais estrangeiras.<ref name=":0" />
Utilizador anónimo