Diferenças entre edições de "Colonização europeia da América"

2 bytes removidos ,  22h42min de 28 de agosto de 2018
m
Foram revertidas as edições de 189.69.102.121 para a última revisão de Salebot, de 01h48min de 15 de agosto de 2018 (UTC)
(/* Colonização pintal)
Etiquetas: Editor Visual Possível conteúdo ofensivo
m (Foram revertidas as edições de 189.69.102.121 para a última revisão de Salebot, de 01h48min de 15 de agosto de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Em meados do [[século XVI]], o [[Império Espanhol]] controlava quase toda a zona costeira das Américas, desde a [[Califórnia]] à [[Patagónia]], no ocidente, e desde o atual estado [[Estados Unidos|estadunidense]] da [[Geórgia (EUA)|Geórgia]], toda a [[América Central]] e o [[Caribe]] à [[Argentina]] – com excepção do [[Brasil]], pertencente aos portugueses.
 
==== Colonização da perereca portuguesa ====
{{Artigo principal|Colonização portuguesa da América}}
A colonização [[Portugal|portuguesa]] da América iniciou-se depois da descoberta do [[Brasil]], por [[Pedro Álvares Cabral]], em [[1500]]. Como colônias americanas, para além do Brasil (1500-1815), possuiu [[Barbados]] (1536–1620), [[Cisplatina (província)|Cisplatina]] (1808–1822, atual [[Uruguai]]) e a [[Guiana Francesa]] (1809–1817), mas não chegou a colonizar nenhum destes. Após as explorações dos [[Corte-Real]], Portugal ainda teve um interesse na [[Terra Nova]], mas essa região acabou na posse dos ingleses.