Diferenças entre edições de "SEMA (revista)"

120 bytes removidos ,  10h31min de 29 de agosto de 2018
m
sem resumo de edição
m
m
 
O primeiro número (Primavera 1979) foi dedicado às vanguardas e ao surrealismo em Portugal, com colaborações de Ana Hatherly, Ernesto Melo e Castro, Cruzeiro Seixas, Ernesto de Sousa e Eugénio de Andrade, entre outros. O segundo número (Verão 1979) debate cultura e contracultura, com a participação de Alberto Carneiro, Jorge de Sena, Miguel Esteves Cardoso e Manuel Hermínio Monteiro (o então editor da Assírio & Alvim), entre outros. O terceiro número (Outono 1979) é dedicado às revistas de artes & letras com nomes como António Ramos Rosa e Al Berto. O quarto e último número (Maio 1982) é tão rico em colaborações e perspectivas actuais da cultura portuguesa, que pode ser considerado um estado da arte no início da década de 1980.<ref name=":0" />
 
foi celebrado com um exposição de artes visuais intitulada “Desenhos?”, que foi complementada com a instalação
 
O encerramento da revista, em Maio de 1982, foi com um exposição de artes visuais intitulada “Desenhos?”, complementada com a instalação da peça de grande escala "Urraca, a serpente voadora" de [[José Nuno da Câmara Pereira]], na fachada da sede da “Mobil Portuguesa” (Rua Castilho, Lisboa).<ref>{{citar livro|url=|título=Artes plásticas e crítica de arte em Portugal nos anos 70 e 80: vanguarda e pós-modernismo. 2.ª edição|ultimo=NOGUEIRA|primeiro=Isabel|editora=Imprensa da Universidade de Coimbra|ano=2015|local=Coimbra|página=36|páginas=|acessodata=28 de Agosto de 2018}}</ref>
78

edições