Abrir menu principal

Alterações

606 bytes adicionados, 22h36min de 1 de setembro de 2018
m
Foram revertidas as edições de 189.122.102.192 para a última revisão de Fasouzafreitas, de 11h05min de 15 de maio de 2018 (UTC)
Cada religião tem um modo diferente de abordar a prática do jejum.
 
=== Igreja CatólicaCatólicos ===
Para os fiéis da [[Igreja Católica]], a prática da abstinência e o jejum são formas de penitência interior. O [[Catecismo da Igreja Católica]] define esta interior como "uma reorientação radical de toda a vida, um retorno, uma conversão para Deus de todo nosso coração, uma ruptura com o pecado, uma aversão ao mal e repugnância às más obras ... "<ref>{{Citar web|url=http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p2s2cap1_1210-1419_po.html|titulo=Catecismo da Igreja Católica. Parágrafos 1210-1419|acessodata=2016-09-06|obra=www.vatican.va}}</ref>
 
O católico deve praticar o jejum semanalmente, mais precisamente às sextas-feiras,<ref>[https://pt.aleteia.org/2017/01/17/e-verdade-que-toda-sexta-feira-e-dia-de-jejum/ É verdade que toda sexta-feira é dia de jejum?] - Ateleia</ref> e nas datas da [[quarta-feira de cinzas]] e [[Sexta-feira Santa|sexta-feira]] da Paixão de Jesus Cristo, consoante o [[Código de Direito Canónico]] em seu cânone 1251.<ref>[http://www.vatican.va/archive/cod-iuris-canonici/portuguese/codex-iuris-canonici_po.pdf ''Codex Iuris Canonici''] - Portal do Vaticano</ref>
O jejum é permitido para os maiores de 14 anos e menores de 70 anos. Jejua-se (apenas uma refeição sem carne vermelha) na [[Quarta-feira de Cinzas]] e [[Sexta-feira Santa]], mas não é permitido comer carne vermelha em nenhuma [[sexta-feira]] da [[Quaresma]], mas não são dias de jejum.
 
Na [[Idade Média]], várias mulheres, em nome da religião, praticavam longos jejuns, numa condição que contemporaneamente se denomina ''[[anorexia mirabilis]]''<ref>{{citar web|URL=https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4106065/|título=A Case Study of Anorexia Nervosa Driven by Religious Sacrifice|autor=DAVIS, Amelia A.; NGUYEN, Matthew|data=6 de julho de 2014|publicado= US National Library of Medicine - National Institutes of Health|acessodata=15 de maio de 2018}}</ref>.
 
=== EvangelicalismoEvangélicos ===
Os [[Evangélicos]] não tem datas específicas para jejuar. Jejum é baseado no sentido bíblico literal, que é uma forma de 'matar a carne'. O jejum pode ser a abstinência não só de alimentos e líquidos, mas de qualquer coisa ou hábito que tenha se tornado 'indispensável', como forma de entrega e dependência real de Deus. Há vários relatos desta prática na Bíblia <ref>{{Citar web|url=http://www.estudosbiblicosonline.com.br/2017/07/7-homens-que-fizeram-jejum-e-oracao-na-biblia.html|titulo=7 homens que fizeram jejum e oração na Bíblia.|acessodata=2017-12-07|obra=www.estudosbiblicosonline.com.br}}</ref>
 
=== IslãoMuçulmanos ===
O jejum é observado durante todo o mês do [[Ramadão]], da [[alvorada]] ao [[pôr-do-sol]], eles não comem e não bebem nada, nem mesmo água, o jejum também aplica-se às relações sexuais. O crente deve não só abster-se dessas práticas como também não pensar nelas e manter-se concentrado em suas orações e recordações de Deus, sendo neste mês a frequência mais assídua à mesquita. Além das cinco orações diárias ([[salá]]), durante esse mês sagrado recita-se uma oração especial chamada ''[[Taraweeh]]'' (oração noturna).
 
8 932

edições