Diferenças entre edições de "Sexto Júlio Africano"

20 bytes adicionados ,  04h48min de 16 de setembro de 2018
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 186.194.17.46 para a última revisão de Renato de carvalho ferreira, de 00h29min de 30 de novembro de 2013 (UTC))
'''Sexto Júlio Africano''' ({{lang-la|'''Sextus Julius Africanus'''}}) foi um viajante e historiador cristão do final do [[Século II|século II d.C.]] e início do [[Século III|século III d.C.]] Ele foi uma importante influência para [[Eusébio de Cesareia]] e todos os [[padres da Igreja]] posteriores que escreveram sobre a história da [[Igreja Católica]], e em toda a escola [[grécia|grega]] de escritores de [[crônica (historiografia)|crônica]]s.
 
Seu nome indica que ele ele era um [[África Proconsular|africano]]. [[Suidas]] o chamou de "um filósofo [[Líbia antiga|líbio]]", enquanto [[Gelzer]] o considerou como tendo ascendência romana<ref>{{citar livro|autor=Gelzer|título=Sextus Julius Africanus und die Byzantinische Chronographie| local=Leipzig|ano=1898|páginas = 4f| língua = alemão}}.</ref>. Júlio chamava a si mesmo de "nativo de [[Jerusalém]]" &ndash; que alguns estudiosos consideram ser de fato seu lugar de nascimento<ref>{{citar web|url=http://ccat.sas.upenn.edu/bmcr/2008/2008-04-43.html| publicado = Bryn Mawr Classical Review| autor=Martin Wallraff (ed.), | título = Iulius Africanus: Chronographiae. The Extant Fragments, reviewed by Hagith Sivan (Bryn Mawr Classical Review)| língua = inglês | acessodata = 24/09/2010}}</ref> &ndash; e vivia nas redondezas de [[Emaús]]. Sua crônica indica sua familiaridade com a [[topografia]] da [[Palestina (região)|Palestina]]<ref>{{citar livro|autor=Gelzer|título=Sextus Julius Africanus und die Byzantinische Chronographie| local=Leipzig|ano=1898|páginas = 10| língua = alemão}}</ref>.
 
== Vida ==