Diferenças entre edições de "Direito privado"

8 bytes adicionados ,  20h38min de 17 de setembro de 2018
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 168.194.163.73, com Reversão e avisos)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Trata-se da exigência de uma classificação ou de uma tópica jurídica.<ref>Tércio Sampaio Ferraz sustenta que, ''A tópica jurídica de segundo grau – sistemas de classificações ou critérios organizadores de critérios classificatórios – vale-se de distinções amplas, desenvolvidas historicamente no trato dogmático do direito. São as chamadas grandes dicotomias: direito público e direito privado, direito objetivo e direito subjetivo''. FERRAZ JUNIOR, Tércio Sampaio ''Introdução ao estudo do direito: técnica, decisão, dominação''. São Paulo: Atlas, 2003, p. 133.</ref>.
A divisão entre Direito Público e Direito Privado também é o eixo para a organização das Faculdades de Direito e dos programas de graduação e pós-graduação.
Mas au
 
== Origem da divisão entre direito público e direito privado ==
A origem da divisão entre Direito Público e Direito Privado remonta ao Direito Romano, sobretudo a partir da obra de Ulpiano (Digesto, 1.1.1.2) no trecho: ''Publicum jus est quod ad statum rei romanae spectat, privatum, quod ad singulorum utilitatem''. (O direito público diz respeito ao estado da coisa romana, à polis ou civitas, o privado à utilidade dos particulares.)
Utilizador anónimo