Diferenças entre edições de "Cromossomo"

7 bytes adicionados ,  12h39min de 19 de setembro de 2018
sem resumo de edição
 
== Cromossomos dos eucariontes ==
Cada cromossomo é formado por moléculas bifilamentares de DNA e de diversas proteínas. Além do DNA e das proteínas, o RNA também podepodem estar associadoassociados aos cromossomos. Os cromossomos das células eucarióticas são geralmente maiores e mais complexos do que os cromossomos das células procariontesprocarióticas. <ref>SNUSTAD, D.P., SIMONNS, M.J. 2013. Fundamentos de Genética. Rio de Janeiro, Editora Guanabara Koogan.</ref>
Os [[Eukaryota|eucariontes]] possuem múltiplos cromossomos lineares dentro do [[núcleo celular]]. Cada cromossomo tem um [[centrômero]]<ref name=stansfield>{{citar livro|autor=Stansfield, William D.; Colomé, Jaime S.; Cano, Raúl J|título=Molecular and Cell Biology|local=New York|editora=McGraw-Hill|idioma=inglês|página=32-33|páginas=122|isbn=0-07-139881-3}}</ref> e, durante a divisão celular, apresenta dois braços (que representam, inicialmente, cópias idênticas) saindo do centrômero, os [[cromatídeo]]s ou ''cromátides-irmãs''. As extremidades dos cromossomos possuem estruturas especiais chamadas ''[[telómero]]s''<ref name=stansfield /> que possuem a função de manter a estabilidade estrutural dos cromossomos, iniciar o pareamento dos cromossomos homólogos e ancorar o cromossomo ao envoltório nuclear. A [[replicação]] do [[DNA]] pode iniciar-se em vários pontos do cromossomo. A divisão das células eucarióticas é um processo mais complexo do que em relação a divisão das células procarióticas. É necessário que vários cromossomos sejam duplicados e distribuídos igualmente e exatamente entre as células-filhas. Durante a divisão celular quando cada cromossomo se condensa, tornando-se o melhor momento para serem observados, já que nesse momento estão mais densos, sendo possível observar suas características estruturais mais facilmente. Algumas células eucariontes apresentam grandes cromossomos, sendo possível sua visualização por microscopia óptica, dependendo do tamanho, é possível observá-los ate mesmo com aumento 20x. <ref>SNUSTAD, D.P., SIMONNS, M.J. 2013. Fundamentos de Genética. Rio de Janeiro, Editora Guanabara Koogan.</ref>