Diferenças entre edições de "O Idiota"

Sem alteração do tamanho ,  10h51min de 21 de setembro de 2018
(Quarta parte)
== Enredo ==
 
O príncipe Míchkin tem 2726 anos de idade quando retorna a Petesburgo, após permanecer vários anos em um sanatório na Suíça para tratar da sua epilepsia. Tem-se então o desenrolar da trama cujo tema central recai na problemática do indivíduo puro, superior, que acaba sendo para os demais, numa sociedade corrompida, um idiota, um inadaptado. <br/>
O herói do romance, o humanista e epilético<ref>{{citar jornal|url=http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-282X2004000300036|título=Príncipe Liev Nikoláievitch Míchkin ("O Idiota", Fiódor Dostoevsky) e a síndrome de personalidade interictal na epilepsia do lobo temporal|agência=[[Scielo]]|acessodata=26 de janeiro de 2014}}</ref> Míchkin, é uma mescla de Cristo e Dom quixote, cuja compaixão sem limites vai se chocar com o desregramento mundano de Rogójin e a beleza enlouquecedoura de Nastácia Filíppovna. Sua bondade e o impacto da sua sinceridade irá revelar ao leitor de forma trágica como em um mundo obcecado por dinheiro, poder e conquistas, o sanatório acaba sendo o único lugar para um santo.
 
Utilizador anónimo