Diferenças entre edições de "Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul"

Sem alteração do tamanho ,  14h27min de 21 de setembro de 2018
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
O '''Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul''' (BRDE) é um banco de desenvolvimento criado de forma conjunta pelos estados da Região Sul. Foi fundado pelos governadores [[Leonel Brizola]], do [[Rio Grande do Sul]], [[Celso Ramos]] de [[Santa Catarina]] e [[Ney Braga]] do [[Paraná]] com o intuito de apoiar e acompanhar o desenvolvimento de projetos para aumentar a competitividade de empreendimentos de todos os portes nos três estados-membros.
==História==
Criado no ano de 19711961, o BRDE buscava contrabalançar a concentração de recursos e investimentos nos estados de [[São Paulo (estado)|São Paulo]], [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]] e [[Minas Gerais]]. Como a [[Regiões do Brasil|divisão regional]] do país vigente à época (proposta pelo [[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] em 1945) incluía o estado de São Paulo na Região Sul (a divisão regional contemporânea data de 1970), optou-se pela expressão "Extremo Sul" na denominação da nova instituição.<ref name=BrasilEscolaRegioes>{{citar web|url=http://www.brasilescola.com/brasil/divisao-regional-brasileira.htm|título=Divisão Regional Brasileira|publicado=Portal Brasil Escola|acessodata=17 de Janeiro de 2012}}</ref>
 
O BRDE atua como repassador de recursos do [[BNDES]], [[Finep]], [[FGTS]] e FCO para a execução de projetos de investimento nos segmentos de [[agronegócio]], [[indústria]], [[comércio]] e [[serviços]], [[inovação]], [[energia]] e [[Infraestrutura]]. Também financia a aquisição isolada de máquinas e equipamentos de produção nacional.
Utilizador anónimo