Diferenças entre edições de "Economia da Polónia"

777 bytes removidos ,  23h38min de 24 de setembro de 2018
sem resumo de edição
(correção de erro)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
| Nome = [[Polônia]]
| Preposição = da
| imagem = Warsaw6vb2605201117DSC 0967.jpgJPG
| legenda = [[Varsóvia]].
| tamanho = 225px
| Bolsa =
| Banco =
| PIB = 802$ 614,19 bilhões ([[20122018]]) ([[Anexo:Lista de países por PIB nominal|2124º lugar]])
| PIB_crescimento = 2.{{aumento}} 4,6% ([[20122017]])
| PIB_per_capta = 21$ 00016,180 ([[20122018]])
| PIB_setor= [[agricultura]] 32,56%, [[indústria]] 3438,25%, [[comércio]] e [[serviços]] 6358,29% ([[20122016]])
| Inflação= 3{{aumento}} 2,65% ([[20122018]])
| Pobreza = 17% ([[2003]])
| Gini = 3430,28 ([[20082015]])
| Trabalho = 17,926 milhões ([[20122017]])
| Trabalho_setor = agricultura 1711,45%, indústria 2930,24%, comércio e serviços 5358,41% ([[20052015]])
| Desemprego = 124,61% ([[20122018]])
| Indústrias = construção de máquinas, [[ferro]] e [[aço]], extração de [[carvão]], produtos químicos, construção naval, alimentos, [[vidro]], bebidas, [[têxtil]]
| Exportações = 192$ 221,34 bilhões ([[20122017]])
| Exportações_produtos = máquinas e equipamentos de transporte 37.8%, manufaturados intermediários 23.7%, manufaturados diversos 17.1%, alimentos e animais vivos 7.6%
| Mercados = [[Alemanha]] 28,8%, [[Reino Unido]] 6,6%, [[República Checa]] 6,4%, [[França]] 6,3%, [[Itália]] 5,5%, [[Países Baixos]] 4,5%, [[Rússia]] 4,2% ([[2011]])
|Importações= 206$ 221,58 bilhões ([[20122017]])
|Importações_produtos = máquinas e equipamentos de transporte 38%, manufaturados intermediários 21%, produtos químicos 15%, minerais, combustíveis, lubrificantes 9%
|Parceiros = [[Alemanha]] 28,7%, [[Rússia]] 10,3%, [[Países Baixos]] 5,9%, [[Itália]] 5,3%, [[República Popular da China]] 5,3%, [[França]] 4,4%, [[República Checa]] 4,3% ([[2011]])
| Finanças_fonte = https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/pl.html
| Dívida = 310,2{{baixa positiva}} $ 362 bilhões ([[20122017]])
| Receitas = 89$ 90,478 bilhões ([[20122017]])
| Despesas = US$ 99102,542 bilhões ([[20122017]])
}}
A '''[[economia]] da [[Polónia]]''' (ou [[Polónia|Polônia]] no português brasileiro) é diversificada, dividida entre as indústrias de construção naval, produção de carvão, aço e energia elétrica.
 
Em 1992, no âmbito do [[Clube de Paris]], o [[Brasil]] concordou, juntamente com outros credores da [[Polônia]], entre eles a [[França]] e a [[Itália]], em conceder aos poloneses um desconto do valor devido, de 50%.<ref>{{citar web|URL=http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2001/10/09/polonetas-ja-assustaram-o-brasil|título=Polonetas já assustaram o Brasil|autor=|data=9 de outubro de 2001|publicado=Senado Federal|acessodata=2 de janeiro de 2015}}</ref>
 
==Indústria==
{{desatualizado}}
Em 2006, a indústria de mineração e ocuparam 29,2% da força de trabalho e desde 31,5% do PIB (contra 57,2% em 1990, antes da transição para uma economia de mercado). A Polónia é rica em recursos minerais. Indústrias pesadas é o principal sector industrial: siderurgia, metalurgia de ferro e cobre petroquímica, construção naval. Processamento de alimentos, máquinas, madeira, vidro e couro. A bacia de carvão da [[Silésia]] superior (Silésia preto) é a principal região industrial da Polónia. A extração de carvão, intimamente associada com a siderurgia, indústria e química, criou uma vasta aglomeração industrial densamente povoada. Outras grandes regiões industriais: [[Baixa Silésia]], a região em torno de Gdańsk, e as cidades de Varsóvia, Lodz e Cracóvia.
 
{{Esboço-economia}}