Diferenças entre edições de "Panorama"

443 bytes removidos ,  03h42min de 25 de setembro de 2018
m
Aprofundei mais a explicação de panorama com embasamento em livros
m (Aprofundei mais a explicação de panorama com embasamento em livros)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
{{ver desambiguação}}
[[Imagem:San Diego Reflecting Pond.jpg|thumb|500px|center|Uma [[fotografia]] panorâmica das cores de [[San Diego]], [[Califórnia]].]]
Panorama baseia-se basicamente em um quadro circular que centraliza o espectador, trazendo a sensação de que esteja apresentado em um ponto bem mais elevado. É uma paisagem ou uma visão extensa que se observa de um ponto central.
 
'''Panorama''' é o nome dado, ''[[grosso modo]]'', a qualquer vista abrangente de um espaço físico, ou seja, é uma ampla vista geral de uma [[paisagem]], território, [[cidade]] ou de parte destes elementos, normalmente vistos de um ponto elevado ou relativamente distante.
 
A palavra foi originalmente cunhada na segunda metade do [[século XVIII]] pelo [[pintura|pintor]] [[Irlanda|irlandês]] [[Robert Barker]] para descrever suas pinturas "panorâmicas" de [[Edimburgo]]. O vocábulo é formado por dois termos do [[língua grega antiga|grego antigo]] παν (pan), que significa "total", e ὅραμα (órama), que significa "vista".
[[Imagem:San Diego Reflecting Pond.jpg|thumb|500px|center|Uma [[fotografia]] panorâmica das cores de [[San Diego]], [[Califórnia]].]]
Foi um veículo excepcional para o ilusionismo pintado. A sala de paisagens de Paul Sandby em Drakewole Hall em 1793, foi uma resposta direta a essa invenção, se tratando de possíveis espaços imagéticos imersivos. Assim, espaços de ilusão ganharam importância no domínio público, como evidência os panoramas nos tetos das igrejas barrocas.
 
O panorama foi nada mais, que uma estratégia para remover os limites e a distância psicológica entre o observador e o espaço imagético, baseando-se em um quadro circular que centraliza o espectador, trazendo a sensação de que esteja apresentado em um ponto bem mais elevado. Sendo uma imagem em 360 graus, com poder sugestivo de variedade problemática que usava métodos tradicionais de pintura, com efeitos intencionais e pré-calculados das aplicações dos conhecimentos psicológicos, filosóficos e tecnológicos disponíveis na época.
 
O estudo do panorama pode ajudar a estabelecer as fundações de uma comparação sistemática, na qual a metamorfose da imagem e da arte, associada a imersão da realidade virtual criada por computador, surja de forma mais nítida.
 
== {{Ver também}} ==
{{commonscat|Panoramics}}
* [[Fotografia panorâmica]]
1

edição