Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 14h16min de 26 de setembro de 2018
Acertos
|linha=[[Ramal da Lousã]]<br>(PK 7,956)
}}
A '''Estação Ferroviária de Ceira''' é uma interface ferroviária desactivadaencerrada do [[Ramal da Lousã]], que servia a vila de [[Ceira (Coimbra)|Ceira]], no Concelho de [[Coimbra]], em [[Portugal]].
 
==História==
[[File:Horario Ramal Lousa - Guia Official CF 168 1913.jpg|thumb|Horário dado Ramal da Lousã em 1913, incluindo a estação de Ceira.]]
===Planeamento e inauguração===
Durante o planeamento de uma linha entre Coimbra e a [[Estação de Covilhã|Covilhã]], na Década de 1860, o engenheiro [[Pedro Inácio Lopes]] projectou que a via férrea deveria passar perto da foz do [[Rio Ceira]], no percurso entre a [[Portela do Mondego]] e [[Estação de Miranda do Corvo|Miranda do Corvo]].<ref>{{Citar jornal|autor=[[Frederico de Quadros Abragão|ABRAGÃO, Frederico de Quadros]]|pagina=472-509|titulo=No Centenário dos dos Caminhos de Ferro em Portugal: Algumas notas sobre a sua história| data=16 de Outubro de 1956|jornal=Gazeta dos Caminhos de Ferro|volume=69|numero=1652|url=http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/GazetaCF/1956/N1652/N1652_master/GazetaCFN1652.pdf |acessodata=23 de Maio de 2017}}</ref>
 
Esta estação encontrava-se no troço entre [[Estação de Coimbra|Coimbra]] e [[Estação de Lousã|Lousã]] do Ramal da Lousã, que abriu à exploração no dia 16 de Dezembro de 1906, pela [[Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses]].<ref>{{Citar jornal|pagina= 61-65|autor=[[Carlos Manitto Torres|TORRES, Carlos Manitto]]|titulo=A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário|data=16 de Janeiro de 1958|jornal=Gazeta dos Caminhos de Ferro|volume=70|numero=1682|url= http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/GazetaCF/1958/N1682/N1682_master/GazetaCFN1682.pdf|acessodata=30 de Setembro de 2013}}</ref>
 
===Século XXI===
Em Fevereiro de 2009, a circulação no Ramal da Lousã foi temporariamente desactivada para a realização de obras, tendo os serviços sido substituídos por autocarros.<ref>{{Citar web|título=Obras condicionam circulação de comboios na Linha da Lousã este fim-de-semana|data=6 de Fevereiro de 2009|publicado=Público|url= http://www.publico.pt/local/noticia/obras-condicionam-circulacao-de-comboios-na-linha-da-lousa-este-fimdesemana-1364249|acessodata=30 de Setembro de 2013}}</ref>
 
Em 4 de Janeiro de 2010, o troço de [[Apeadeiro de Coimbra-Parque|Coimbra - Parque]] a [[Estação de Miranda do Corvo|Miranda do Corvo]] foi encerrado, para a reconversão do sistema ferroviário num [[Metro Mondego|metro de superfície]]; durante o processo, foi instituído um serviço rodoviário de substituição.<ref>{{Citar web|título=Ramal da Lousã - Interrupção da circulação|publicado= Comboios de Portugal|url=http://www.cp.pt/cp/displayPage.do?vgnextoid=1c341c639f984010VgnVCM1000007b01a8c0RCRD&contentId=20d0caf02b635210VgnVCM100000be01a8c0RCRD|acessodata=30 de Setembro de 2013|datali=23 de Maio de 2017}}</ref><ref>{{Citar web|título=Utentes do ramal da Lousã queixam-se de atrasos nos transportes alternativos|data=4 de Janeiro de 2010|publicado= Público|url= http://www.publico.pt/local/noticia/utentes-do-ramal-da-lousa-queixamse-de-atrasos-nos-transportes-alternativos-1416210|acessodata=30 de Setembro de 2013}}</ref>
 
{{CPCoimbra}}