Abrir menu principal

Alterações

29 bytes adicionados ,  13h01min de 30 de setembro de 2018
m
+desambiguação
| assinatura = Assinatura de josé de anchieta junior OK.jpg
}}
'''José de Anchieta Júnior''' ([[Jaguaribe]], [[11 de março]] de [[1965]]) é um [[engenheiro]] e [[político]] [[brasileiro]], filiado ao [[Partido da Social Democracia Brasileira]] (PSDB).<ref>https://especiais.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/candidatos/rr/governador/anchieta/</ref> Elegeu-se em 2006 vice-governador do estado de [[Roraima]] na chapa de [[Ottomar Pinto]] pelo PSDB para o mandato de de 2007 a 2011. Com a morte do governador Ottomar Pinto, assumiu o governo do estado em 11 de dezembro de 2007.<ref>[http://www.band.com.br/noticias/brasil/noticia/?id=100000353463 "Disputa pelo governo de Roraima vai para 2º turno entre Anchieta Jr e Neudo Campos"]. ''eBand'', 3 de outubro de 2010</ref> [[Eleições gerais no Brasil em 2010|Reeleito em 2010]], renunciou ao cargo de governador em 4 de abril de 2014 para ser candidato ao [[Senado Federal do Brasil|Senado]].
 
[[Imagem:José_de_Anchieta_Junior_in_2009.jpg|thumb]]
Em 2010, foi acusado de envolvimento em irregularidades nas obras de ampliação de rede elétrica no estado de Roraima. Orçado em 99 milhões de reais, o projeto obteve recursos do [[Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social]] (BNDES).<ref>[http://www.senado.gov.br/noticias/mozarildo-denuncia-desvio-de-recursos-em-obra-publica-em-roraima.aspx "Mozarildo denuncia desvio de recursos em obra pública em Roraima"]. ''Agência Senado'', 29 de abril de 2010</ref> No mesmo ano, o governador teve seu carro revistado pela [[Polícia Federal]], que apurava a denúncia de que dois veículos do Executivo estadual estariam transportando dinheiro para compra de votos, porém nada foi encontrado.<ref>[http://www.correiodoestado.com.br/noticias/policia-federal-faz-revista-em-carro-de-governador_80805/ "Polícia Federal faz revista em carro de governador"]. ''Correio do Estado'', 21 de outubro de 2010</ref>
 
Em 2011, Anchieta assumiu seu segundo mandato envolto em denúncias de irregularidades nas prestações de contas de campanha e acusações de compras de votos, que resultaram em sete pedidos de cassação.<ref>[http://www.jornalacidade.com.br/editorias/politica/2011/01/01/anchieta-toma-posse-e-nao-fala-sobre-acusacoes-em-rr.html "Anchieta toma posse e não fala sobre acusações em RR"]. ''Jornal A Cidade'', 1 de janeiro de 2011</ref><ref>[http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101218/not_imp655298,0.php "TRE de Roraima rejeita contas de Anchieta Júnior"]. ''O Estado de S. Paulo'', 18 de dezembro de 2010</ref> Em 11 de fevereiro do mesmo ano, teve seu mandato de governador cassado pelo [[Tribunal Regional Eleitoral]] (TRE) por usar a emissora de rádio do governo para se promover durante as eleições de 2010.<ref>[http://www1.folha.uol.com.br/poder/874713-cassado-governador-reeleito-de-roraima-vai-recorrer-da-decisao.shtml "Cassado, governador reeleito de Roraima vai recorrer da decisão"]. ''Folha.com'', 12 de fevereiro de 2011</ref> Três dias depois, em 14 de fevereiro, o ministro Arnaldo Versiani, do TSE, concedeu uma liminar para mantê-lo no cargo.<ref>[http://www1.folha.uol.com.br/poder/875310-liminar-mantem-governador-de-roraima-no-cargo.shtml "Liminar mantém governador de Roraima no cargo"]. ''Folha.com'', 14 de fevereiro de 2011</ref> Em junho, após julgamento e votação, o TRE decidiu por manter a cassação.<ref>[http://www1.folha.uol.com.br/poder/933270-tre-mantem-cassacao-do-governador-de-roraima.shtml "TRE mantém cassação do governador de Roraima"]. ''Folha.com'', 21 de junho de 2011</ref>
 
{{Referências}}
19 794

edições