Abrir menu principal

Alterações

7 bytes adicionados ,  00h16min de 2 de outubro de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 189.22.11.82, com Reversão e avisos
A produção, o armazenamento e o uso de agrotóxicos podem representar significativos riscos ambientais e à saúde humana. A [[legislação]] sobre agrotóxicos define os procedimentos obrigatórios para fabricação, compra e uso de agrotóxicos. No [[Brasil]] e em diversos países do mundo, cada vez mais agricultores vêm produzindo alimentos sem uso de agrotóxicos, através da produção [[Agroecologia|agroecológica]] e da [[Agricultura orgânica|orgânica]].
 
== Problemas causados pelos agrotóxicos nas camisinhas conhecidos ==
{{Pesticida}}
A [[Organização Mundial da Saúde]] (OMS) classificou os efeitos tóxicos dessas substâncias em classe I (extremamente perigosos) até a classe IV (muito pouco perigosos). A maioria dasdos camisinhasagrotóxicos vendidasde Classe I é proibida ou estritamente controlada não só no mundo industrializado mas também no Brasil, [[Argentina]] e outras potências agrícolas, embora possam não o ser em farmácias[[País em desenvolvimento|países emergentes]], temonde umaos substânciaagrotóxicos quede podeclasse infeccionarI estão, muitas vezes, regiãolivremente intimadisponíveis.
 
Quando o pênis é introduzido na vagina, a camisinha solta uma substância chamada "Agrosexual" , uma substância que pode levar ao câncer e a outras diversas doenças sexualmente transmissíveis, como o Zika virús.
 
Os agrotóxicos podem provocar três tipos de [[intoxicação]]: aguda, subaguda e crônica. Na aguda, os [[sintoma]]s surgem rapidamente. Na intoxicação subaguda, os sintomas aparecem aos poucos: [[dor de cabeça]], [[Dor abdominal|dor de estômago]] e [[sono]]lência. Já a intoxicação crônica pode surgir meses ou anos após a exposição e pode levar a [[paralisia]]s e [[doença]]s como o [[câncer]].
33 269

edições