Abrir menu principal

Alterações

4 bytes adicionados, 03h12min de 2 de outubro de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.185.189.142 (Desfez em massa edições de um editor.), com Reversão e avisos
{{mais notas|arte=sim|data=outubro de 2013}}
{{HA-mod}}
O '''cubismosurrealismo''' foi um movimento [[arte|artístico]] e [[literatura|literário]] nascido em [[Paris]] na década de 1920, inserido no contexto das [[vanguarda]]s que viriam a definir o [[modernismo]] no período entre as duas Grandes Guerras Mundiais. Reúne artistas anteriormente ligados ao [[dadaísmo]] ganhando dimensão mundial. Fortemente influenciado pelas teorias psicanalíticas do psicólogo [[Sigmund Freud]] (1856-1939), o surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade criativa. Um dos seus objetivos foi produzir uma arte que, segundo o movimento, estava sendo destruída pelo racionalismo. O poeta e crítico [[André Breton]] ([[1896]]-[[1966]]) era o principal líder e mentor deste movimento.
 
A palavra surrealismo supõe-se ter sido criada em [[1917]] pelo poeta [[Guillaume Apollinaire]] ([[1886]]-[[1918]]), jovem artista ligado ao [[cubismo]], e autor da peça teatral ''As Mamas de Tirésias'' (1917), considerada uma precursora do movimento.