Abrir menu principal

Alterações

81 bytes removidos ,  05h19min de 23 de outubro de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.176.205.246 (Corrigindo edições posteriores.), com Reversão e avisos
COMO COMEÇOU O RIO DE JANEIRO NO CARNAVAL DO BRASIL NOS ANOS DE 1500??{{Info/Evento musical
| nome = Carnaval do Rio de Janeiro
| nome_original =
| site =
}}
'''CaraivalCarnaval do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]]''' é uma [[festa popular]] de cunho religioso e histórico-social realizada durante cinco dias consecutivos no mês de [[fevereiro]] desde [[1892]]. Esse festival é considerado o maior [[carnaval]] do mundo pelo [[Livro dos Recordes]]. Trata-se de uma [[celebração]] mundialmente famosa, constituída por diferentes tipos de manifestações culturais, como desfiles de [[escola de samba]], [[Baile de máscaras|bailes de máscaras]], festas móveis dos [[Bloco carnavalesco|blocos de embalo]] seguidos por seus ''foliões'' fantasiados, e ainda [[Banda marcial|bandas de rua]] e blocos de enredo ("escolas de samba" de pequeno porte), chamados de ''cordões''. Também se caracteriza pela irreverência e banalidade, pelos nomes de duplo sentido (especialmente dos blocos) e pela diversidade cultural, musical e sexual.
 
O [[Desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro|desfile competitivo das escolas de samba]] foi idealizado pelo jornalista pernambucano [[Mário Filho]] (irmão do dramaturgo [[Nelson Rodrigues]]), que organizou através do seu periódico [[Mundo Sportivo]] o primeiro certame oficial, no ano de [[1932]].<ref name="MultiRio"/><ref name="MultiRio2">{{Citar web|url=http://www.multirio.rj.gov.br/index.php/leia/reportagens-artigos/reportagens/493-mario-filho-o-jornalista-que-ajudou-a-construir-a-alma-carioca|título=Mario Filho: futebol, carnaval e construção da alma carioca|publicado=Portal MultiRio|acessodata=22-7-2017}}</ref><ref>{{Citar web|url=https://extra.globo.com/noticias/carnaval/80-anos-de-desfile/mario-filho-inventou-desfile-das-escolas-de-samba-pra-encher-paginas-de-jornal-3670502.html|título=Mário Filho inventou o desfile das escolas de samba pra encher páginas de jornal|publicado=Extra Online|acessodata=22-7-2017}}</ref>
O resultado de tudo isso é que as ruas do Rio de Janeiro veriam surgir toda uma variedade de grupos, representando todos os tipos de interinfluências possíveis. É essa multiplicidade de formas carnavalescas, essa liberdade organizacional dos grupos que faria surgir uma identidade própria ao carnaval carioca. Uma identidade forjada nas ruas, entre diálogos e tensões.<ref>{{citar web|URL = http://insideriocarnaval.com.br/historia-carnaval-rio-de-janeiro.php|título = História do carnaval do Rio de Janeiro|data = |acessadoem = 19.01.2015|autor = |publicado = Inside Rio Carnaval}}</ref>
 
== Bailes de Favela ==
O [[Carnaval de Paris|carnaval da capital francesa]] foi um dos elementos de influência, fazendo com que a folia do Rio de Janeiro rapidamente apresente [[bailes mascarados]] aos moldes parisienses. Inicialmente promovidos ou incentivados pelas Sociedades Dançantes que existiam na cidade (como a Constante Polka, por exemplo) esses bailes acabariam por ser suplantados pelos bailes públicos, como o famoso baile público do Teatro São Januário promovido por Clara Delmastro.<ref name="bailes">{{citar web|URL=http://www.riodejaneiroaqui.com/carnaval/bailes-carnaval.html|título=Bailes de Carnaval no Rio de Janeiro|autor=Rio de Janeiro aqui|acessodata=09/11/2013}}</ref>