Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 12h09min de 24 de outubro de 2018
sem resumo de edição
 
No [[Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2016|13º Campeonato mundial em piscina curta da FINA]] na cidade de [[Windsor (Ontário)|Windsor]], no [[Canadá]], disputado entre os dias 6 a 11 de dezembro de 2016, Etiene ganhou uma medalha de prata e uma de ouro. A medalha de prata no revezamento 4x50 medley, no dia 8 de dezembro. Além de Etiene, a equipe brasileira foi formada por [[Felipe Lima]], [[Nicholas Santos]] e Larissa Oliveira. No dia 11, Etiene ganhou medalha de ouro, conquistando o bicampeonato mundial dos 50 metros costas, com o tempo de 25s82, à frente da sua principal rival, a [[Hungria|húngara]] [[Katinka Hosszú]], que terminou a prova em 25s99.<ref>{{Citar web|url=http://www.sesisp.org.br/noticias/etiene-medeiros-abre-o-revezamento-4x50-medley-misto-e-conquista-a-prata-no-mundial-de-curta-de-windsor-canada|titulo=Etiene Medeiros abre o revezamento 4x50 medley misto e conquista a prata no Mundial de Curta de Windsor, Canadá - Notícia - SESI SP|acessodata=2016-12-12|obra=www.sesisp.org.br}}</ref><ref>{{Citar web|url=http://www.folhape.com.br/esportes/mais-esportes/mais-esportes/2016/12/10/NWS,9808,68,553,ESPORTES,2191-ETIENE-MEDEIROS-DISPUTA-FINAL-DOS-50M-COSTAS-MUNDIAL-WINDSOR.aspx|titulo=Etiene Medeiros disputa final dos 50m costas no Mundial de Windsor - Esportes - Mais Esportes - Mais Esportes|acessodata=2016-12-11|obra=Folha - PE}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Etiene Medeiros conquista bi mundial nos 50m costas em piscina curta|jornal=globoesporte.com|url=http://globoesporte.globo.com/natacao/noticia/2016/12/etiene-medeiros-conquista-bi-mundial.html}}</ref> Ela também nadou os 50m livres, se classificando pra semifinal com a marca de 24s31 mas desistiu da prova, para focar nas outras que disputava. Ela tinha chances reais de medalha nesta prova também: em setembro, havia feito marca de 23s88, que daria a medalha de prata neste Mundial se fosse repetida.<ref>{{citar web|título = Etiene, Felipes e Daiene vão à semi do Mundial; Brandonn fica fora da final|obra=Globoesporte|data = 10 de dezembro de 2016|url = http://globoesporte.globo.com/natacao/noticia/2016/12/etiene-felipes-e-daiene-vao-semi-do-mundial-brandonn-fica-fora-da-final.html|acessodata =7 de maio de 2017}}</ref><ref>{{citar web|título = Etiene Medeiros conquista bi mundial nos 50m costas em piscina curta|obra=Globoesporte|data = 10 de dezembro de 2016|url = http://globoesporte.globo.com/natacao/noticia/2016/12/etiene-medeiros-conquista-bi-mundial.html|acessodata =7 de maio de 2017}}</ref>
 
No [[Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2017]], na prova dos 50m costas, ela bateu duas vezes o recorde da América, com os tempos de 27s18 na semifinal e 27s14 na final, para onter sua primeira medalha de ouro.<ref>{{citar web|título = Resultado da semifinal dos 50m costas no Mundial de Budapeste 2017|obra=OmegaTiming|data = 27 de julho de 2017|url = http://omegatiming.com/File/Download?id=000111010A0202EB02FFFFFFFFFFFF01|acessodata =24 de outubro de 2018}}</ref><ref>{{citar web|título = Resultado da final dos 50m costas no Mundial de Budapeste 2017|obra=OmegaTiming|data = 27 de julho de 2017|url = http://omegatiming.com/File/Download?id=000111010A0202EB04FFFFFFFFFFFF01|acessodata =24 de outubro de 2018}}</ref> Ela ficou a apenas 8 milésimos de segundo de bater o recorde mundial da chinesa Zhao Jing, obtido na era dos super-trajes. Ela se tornou a primeira brasileira a ganhar uma medalha de ouro em Campeonatos Mundiais de Piscina Longa. Ela também terminou em 21º lugar nos 50m livres.<ref>{{citar web|título = Resultado dos 50m livres no Mundial de Budapeste 2017|obra=OmegaTiming|data = 29 de julho de 2017|url = http://omegatiming.com/File/Download?id=000111010A0201EB01FFFFFFFFFFFF01|acessodata =24 de outubro de 2018}}</ref>
 
== Recordes ==
Utilizador anónimo