Diferenças entre edições de "Norlândia"

588 bytes adicionados ,  14h51min de 27 de outubro de 2018
sem resumo de edição
 
Atualmente, estas regiões não possuem funções administrativas, nem significado político, mas estão diariamente presente nos mais variados contextos históricos, culturais, escolares, turísticos e desportivos, sendo por exemplo utilizadas nos boletins meteorológicos da televisão e da rádio suecas, assim como na elaboração de estatísticas.
<ref>{{citar livro |título=[[Sveriges landskap]] |subtítulo=och Stockholm, Göteborg och Malmö |idioma=sueco |local=Estocolmo |editora=Almqvist & Wiksell |ano=1995 | páginas =64 |página=4 |capítulo=Sveriges landskap |id=ISBN 91-21-14445-1}}</ref>
<ref>{{Citar livro |sobrenome=Rydstedt |nome=Bjarne |coautor=Georg Andersson, Torsten Bladh, Per Olof Köhler, Karl-Gustaf Thorén, Mona Larsson |título=[[Land och liv 1]] |idioma=sueco |local=Estocolmo |editora=Natur och kultur |ano=1987 |páginas=216 |página=18-21 |capítulo=Vi börjar läsa geografi |isbn=91-27-62563-X}}</ref>
 
Até 1809, quando a Finlândia pertencia a Suécia, o país estava dividido em quatro regiões históricas, sendo que Norlândia abrangia também o norte da Finlândia, enquanto que o sul era ocupado pela quarta região, {{ilc|Osterlândia||Österland}}. Norlândia ocupa aproximadamente 59% do território da Suécia. Com exceção das áreas [[costa|costeiras]], Norlândia é pouco povoada. 12% da população da Suécia vive em Norlândia. Diferentemente de [[Svealândia]] e [[Gotalândia]], mais povoadas, com grandes cidades ([[Estocolmo]], [[Gotemburgo]], [[Malmo]], etc) e atrações turísticas, Norlândia é conhecida por sua natureza: grandes [[floresta]]s, [[rio]]s e áreas intactas. A maioria da população vive em áreas rurais e pequenas vilas.