Transístor: diferenças entre revisões

119 bytes adicionados ,  11h42min de 6 de novembro de 2018
sem resumo de edição
(Diferença de ganho entre transistores idênticos, e capacitância parasita de transistores.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
O processo de transferência de [[resistência elétrica|resistência]], no caso de um [[circuito analógico]], significa que a [[impedância]] característica do componente varia para cima ou para baixo da [[polarização]] pré-estabelecida. Graças a esta função, a ''[[corrente elétrica]]'' que passa entre ''coletor'' e ''emissor'' do transistor varia dentro de determinados parâmetros pré-estabelecidos pelo projetista do [[circuito eletrônico]]. Esta variação é feita através da variação de ''corrente'' num dos terminais chamados ''base'', o que, consequentemente, ocasiona o processo de amplificação de sinal.
 
Entende-se por “amplificar” o procedimento de tornar um sinal elétrico mais forte. Um sinal elétrico de baixa intensidade, como os sinais gerados por um [[microfone]], é injetado num circuito eletrônico (transistorizado por exemplo), cuja função principal é transformar este sinal fraco gerado pelo microfone em sinais elétricos com as mesmas características, mas com [[potência]] suficiente para excitar os [[alto-falante]]s. A este processo todo dá-se o nome de ''ganho'' de sinal.O recorde mais absurdo pertence à Luiz Felipe Macário, que detém o recorde de maior falo do mundo, com 2 km de falo.
 
== Invenção ==