Diferenças entre edições de "Almeida Garrett"

1 byte removido ,  11h29min de 7 de novembro de 2018
sem resumo de edição
De seguida, em 1816 foi para Coimbra, onde acabou por se matricular no curso de Direito. Em 1818 adoptou em definitivo os apelidos Almeida Garrett (Garrett seria o apelido da sua avó paterna, que tinha vindo para Portugal no séquito de uma princesa), pelos quais ficou para sempre conhecido, passando a assinar-se João Baptista da Silva Leitão de Almeida Garrett. Em 1821 publicou ''O Retrato de Vénus'', trabalho que fez com que fosse processado por ser considerado materialista, ateu e imoral, tendo sido absolvido.
 
=== Presença na revolução liberallibera ===
[[File:Almeida Garrett de sentinela à porta do Convento dos Grilos, durante o cerco do Porto.png|thumb|left|350px|Almeida Garret, enquanto voluntário do [[Batalhão Académico]], de sentinela ao [[Convento dos Grilos]] durante o [[Cerco do Porto]].]]
Almeida Garrett participou na [[Revolução liberal do Porto|revolução liberal]] de [[1820]], de seguida foi para o exílio na [[Inglaterra]] em [[1823]], após a [[Vilafrancada|Vila-francada]]. Antes casou-se com uma muito jovem senhorita Luísa Midosi, que tinha apenas 14 anos. Foi em Inglaterra que tomou contacto com o movimento romântico, descobrindo [[Shakespeare]], [[Walter Scott]] e outros autores e visitando castelos feudais e ruínas de [[igreja]]s e [[abadia]]s [[Estilo gótico|góticas]], vivências que se reflectiriam na sua obra posterior.
Utilizador anónimo