Abrir menu principal

Alterações

168 bytes removidos ,  11h46min de 7 de novembro de 2018
m
Foram revertidas as edições de 2804:14D:783A:90FA:3C61:6797:8E06:DA12 para a última revisão de Johnny Paes, de 03h57min de 25 de outubro de 2018 (UTC)
 
De acordo com o ''Grove Music Online'', "estilos de ''pop'' derivados do [[Mundo ocidental|Ocidente]], se coexistem com ou marginalizam distintamente gêneros locais, têm espalhado-se por todo o mundo e vieram a formar denominações de estilo comuns nas culturas musicais a nível do comércio global".<ref name=PManuel>P. Manuel, "Pop. Non-Western cultures 1. Global dissemination", ''Grove Music Online'', acessado em 14 de março de 2010.</ref> Algumas culturas [[Oriente|orientais]] como a [[Japão|japonesa]] e a coreana<ref>{{Citar periódico|titulo = Coreia do Sul|url = https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Coreia_do_Sul&oldid=43659221}}</ref> criaram uma indústria de música ''pop'' próspera, da qual grande parte é devota à ocidental, e produziram uma quantidade de música maior do que em qualquer lugar, exceto nos Estados Unidos.<ref name=PManuel/> A expansão do estilo de ''pop'' ocidental foi interpretada variadamente como representante de processos de [[americanização]], homogenização, modernização, apropriação criativa, [[imperialismo]] cultural e ou um método mais geral de globalização.<ref name=PManuel/>
 
No Brasil, os maiores expoentes da música pop são os músicos [[Claudinho & Buchecha]], que estiveram em atividade de 1995 até 2002, ano da morte de [[Claudinho]].
 
== Características ==
157 738

edições