Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 22h43min de 12 de novembro de 2018
m
segundo a propria fonte
|área_urbana_pos =
|fronteira = [[Jordânia]], [[Iraque]], [[Kuwait]], [[Catar]], [[Emirados Árabes Unidos]], [[Omã]] e [[Iémen]]
|população_estimada_ano = 20092017
|população_estimada = {{formatnum:2868663328571770}}<ref>{{Citar web |url=https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/sa.html |título=CIA World Factbook - Saudi Arabia |língua=en|obra=CIA}}</ref>
|população_estimada_pos = 41
|população_censo_ano =
{{Artigo principal|Demografia da Arábia Saudita}}
 
A população da Arábia Saudita em julho de 2013 era estimada em {{formatnum:2693958328571770}} pessoas, incluindo {{formatnum:5576076}} estrangeiros.<ref name="CIA World Factbook">{{CIA World Factbook link|sa|Saudi Arabia}}</ref> Em 1950, a Arábia Saudita tinha uma população de cerca de 3 milhões de pessoas. A composição étnica de cidadãos sauditas é feita por [[árabes]] (50%), outros árabes (35%, inclui [[egípcios]], [[sudaneses]], [[líbios]], etc) afro-asiáticos (10%) e [[beduínos]] (5%).<ref>"{{citar web | url=http://moia.gov.in/pdf/Saudi%20Arabia.pdf | título= Saudi Arabia | publicado=moia.gov.in }}". (PDF) The Ministry of Overseas Indian Affairs.</ref> Até os anos 1960, a maioria da população do país era [[nômade]], mas atualmente mais de 95% da população é urbana, devido ao crescimento econômico e urbano acelerado. Recentemente, nos início dos anos 1960, a população escrava da Arábia Saudita foi estimado em 300 mil pessoas.<ref>"''{{citar web|url=http://books.google.com/books?id=tIfYPppdbeYC&pg=PA452&dq&hl=en#v=onepage&q=&f=false|título=Case studies on human rights and fundamental freedoms: a world survey|publicado=books.google.com}}''". Willem Adriaan Veenhoven, Winifred Crum Ewing, Stichting Plurale Samenlevingen (1976). p.452. ISBN 90-247-1779-5</ref> A [[escravidão]] foi oficialmente abolida no país apenas em 1962.<ref name=autogenerated1>{{citar web|url=http://www.bbc.co.uk/religion/religions/islam/history/slavery_8.shtml |título=Religion & Ethics – Islam and slavery: Abolition |publicado=BBC |acessodata=1 de maio de 2010}}</ref><ref name=autogenerated2>{{citar web|url=http://www.britannica.com/blackhistory/article-24160 |título=Welcome to Encyclopædia Britannica's Guide to Black History |publicado=Britannica.com |data=31 de janeiro de 1910 |acessodata=1 de maio de 2010}}</ref>
 
O ''[[CIA World Factbook]]'' estima que, em 2013, os estrangeiros que vivem na Arábia Saudita compunham cerca de 21% da população do país.<ref name="CIA World Factbook"/> Outras fontes relatam estimativas diferentes.<ref>e.g., {{citar web|autor =جريدة الرياض |url=http://www.alriyadh.com/2010/08/05/article549461.html |título=جريدة الرياض : سكان المملكة 27 مليوناً بينهم 8 ملايين مقيم |publicado=Alriyadh.com |acessodata=28 de abril de 2011}}</ref> Existem 1,3 milhão de [[indianos]]; 900 mil [[paquistaneses]]; 900 mil egípcios; 800 mil [[iemenitas]]; 500 mil [[Bangladesh|bangladeshianos]], 500 mil [[filipinos]]; 500 mil [[jordanos]]/[[palestinos]]; 260 mil [[indonésios]]; 250 mil [[Sri Lanka|cingaleses]]; 350 mil sudaneses; 250 mil [[sírios]]; e 100 mil [[turcos (nacionalidade)|turcos]] no país. Além disso, existem cerca de 100 mil [[Mundo ocidental|ocidentais]] na Arábia Saudita, a maior parte dos quais vivem em [[condomínios fechados]].<ref>{{citar web|url=http://www.un.org/esa/population/meetings/EGM_Ittmig_Arab/P02_Kapiszewski.pdf |título=Arab versus Asian migrant workers in the GCC countries |página=10 |acessodata=1 de maio de 2010}}</ref>