Diferenças entre edições de "Billie Holiday"

Sem alteração do tamanho ,  20h36min de 16 de novembro de 2018
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
A jovem nunca teve educação formal de música, jamais pôde estudar, e sendo auto-ditada, seu aprendizado das [[melodia]]s se deu ouvindo [[Bessie Smith]] e [[Louis Armstrong]].
 
Após três anos cantando neste bar do Harlem e em outros da mesma região, atraiu a atenção do crítico de música John Hammond, que encantou-se pela voz potente da jovem, achando um desperdício uma mulher talentosa estar cantando informalmente na noite. Ele, frequentador assíduo do bar, logo ficou amigo dela, pois pagava mais para ela cantar músicas que ele escolhia. Ele então a levou a um estúdio, onde Billie, nome que já se apresentava espontaneamente, gravou seu primeiro [[disco]], com a ''[[big band]]'' de [[Benny Goodman]]. Era o real início de sua carreira, em [[1933]], sendo um grandioso sucesso de vendas seu primeiro disco, o que a possibilitou comprar um [[apartamento]], deixando definitivamente a vida como garota de programa e cantora informal. Passou a ganhar altos cachês para cantar em diversas casas noturnas conceituadas de Nova York.
 
Cantou com as ''big bands'' de [[Artie Shaw]] e [[Count Basie]]. E foi uma das primeiras negras a cantar com uma banda de brancos, em uma época de [[segregação racial nos Estados Unidos]] ([[anos 1930]]). Consagrou-se apresentando-se com as orquestras de [[Duke Ellington]], Teddy Wilson, [[Count Basie]] e [[Artie Shaw]], e ao lado de [[Louis Armstrong]].
115 546

edições