Diferenças entre edições de "Venom (Marvel Comics)"

25 bytes removidos ,  00h39min de 20 de novembro de 2018
m
Foram revertidas as edições de 2804:214:81B1:7BFF:F07:89AE:31C4:52C3 para a última revisão de 201.10.12.246, de 23h29min de 8 de novembro de 2018 (UTC)
(Alguns erros de ortografia e algumas informações)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Inserção do elemento "nowiki", possivelmente errônea
m (Foram revertidas as edições de 2804:214:81B1:7BFF:F07:89AE:31C4:52C3 para a última revisão de 201.10.12.246, de 23h29min de 8 de novembro de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
{{mais fontes|data=julho de 2018}}
{{Info/Super-herói <!-- Wikipedia:Projetos/Banda Desenhada -->
| imagem = Venonposter1-283x400Venom (Marvel Comics).jpg
| cor=Marvelmarvel
| descrição =
| nome = Venom
| nome completo = <br />[[Eddie Brock]]<br />[[Flash Thompson]]
| espécie = Simbiose [[Mutualismo (biologia)|mutualística]] de um organismo formado por um [[Humano]] e um alienígena da espécie Klyntar
| terra natal = <!-- opcional -->
| alianças = <!-- opcional -->
| parceiros = <!-- se este tiver um ou mais parceiros, diferente de "alianças". Exemplo: "Batman | parceiros = Robin" -->
| ocupação = <!-- opcional -->
| codenomes = Roupa[[Homem-Aranha]] Preta,Lethal ParasitaProtector
| base = <!-- opcional -->
| parentes = <!-- opcional -->
| causa = <!-- usar somente se o personagem faleceu, retornou, etc. (opcional) -->
| suporte = <!--opcional, personagem de que grupo/herói conhecido (ex: Mary Jane |suporte= Homem-Aranha-->
| poderes = Como todo simbionte, ele pode fundir-se com qualquer ser vivo. Após fundir com Peter Parker, ele pode usar os mesmos poderes do Homem-Aranha.<br />Venom pode mudar de forma, podendo disfarçar seu usuário, como por exemplo, disfarçar MacGargan em um médico. Pode inclusive camuflar-se tornando-se invisível.<br />Venom é imune ao [["Sentido de Aranha"]] de Peter Parker, e ao [[''Olhar dade PenitênciaPenitencia'']] do [[Motoqueiro Fantasma]].
|obra=
|género=Assexuado
|última aparição=[[Venom (filme de 2018)]]
}}
 
'''Venom''' é um personagem ficcional das histórias em quadrinhos na série do [[Homem-Aranha]] do [[Universo Marvel]], publicadas pela [[Marvel Comics]]. Apesar de já ter tido mini-séries próprias, a maioria de suas aparições é como inimigo do personagem Homem-Aranha. Cujo hóspede sendo [[Eddie Brock]], é um [[Simbionte (Homem-Aranha)|Simbionte Alienígena]] que é formado a partir de um líquido, o material orgânico líquidode espessoespessura. A característica marcante de Venom, além de ser odo uniforme negro do Homem-Aranha, é a desproporcional e assustadora mandíbula, desenhada no traço de Todd MacFarlane. Antes de fundir-se ao simbionte e tornar-se o Venom, Eddie Brock era um repórter do jornal O Clarim Diário.
 
O jornalista e historiador de quadrinhos [[Mike Conroy]] escreveu sobre o personagem:"O que começou como um traje de substituição para o Homem-Aranha se transformou em um dos maiores pesadelos do lançador de teias da Marvel."<ref>Conroy, Mike. 500 Comicbook Villains, pp.358, Collins & Brown, 2004.</ref><ref>{{citar web|autor =Goldstein, Hilary|data=2006-02-01|título=Spider-Man villain poll|obra=[[IGN]]|url=http://uk.comics.ign.com/articles/684/684904p5.html|acessodata=2006-10-01|urlmorta= sim|arquivourl=https://web.archive.org/web/20070514183515/http://uk.comics.ign.com/articles/684/684904p5.html|arquivodata=2007-05-14|df=}}</ref> Venom foi classificado como 22º na lista de Grandes vilões dos Quadrinhos de Todos os Tempos pela [[IGN]].<ref>{{citar web|url=http://comics.ign.com/top-100-villains/22.html |título=Venom is number 22 |publicado=[[IGN]] |acessodata=2010-04-27 |urlmorta= sim|arquivourl=https://web.archive.org/web/20100416080151/http://comics.ign.com/top-100-villains/22.html |arquivodata=2010-04-16 |df= }}</ref> IGN também classificou a encarnação de Mac Gargan de Venom como # 17 em sua lista de "The Top 50 Avengers",<ref>{{citar web|último = |primeiro = |data=30 de abril de 2012 |título=The Top 50 Avengers |url=http://www.ign.com/top/avengers/17 |publicado=[[IGN]] |acessodata=28 de julho de 2015}}</ref> enquanto a encarnação de Flash Thompson foi classificada como # 27.<ref>{{citar web|último = |primeiro = |data=30 de abril de 2012 |título=The Top 50 Avengers |url=http://www.ign.com/top/avengers/27 |publicado=[[IGN]] |acessodata=28 de julho de 2015}}</ref> O personagem foi classificado na posição #33 pela ''[[Empire magazine|Empire Magazine]]'' na lista dos 50 Maiores personagens dos Quadrinhos.<ref>{{citar web|url=http://www.empireonline.com/50greatestcomiccharacters/default.asp?c=33 |título=Empire &#124; The 50 Greatest Comic Book Characters |publicado=Empireonline.com |data=2006-12-05 |acessodata=2011-02-08}}</ref>
A origem do simbionte alienígena foi mostrada no evento intitulado Guerras Secretas, quando foi usado como "uniforme" pelo próprio Homem-Aranha (que então não sabia que este era uma criatura viva). O "uniforme", totalmente negro e com propriedades regenerativas e adaptativas aumentava as habilidades de Peter Parker, mas também potencializava sua agressividade. Assim, ao descobrir a real natureza de seu "uniforme", o Homem-Aranha livrou-se do alienígena (ao, inadvertidamente, ser beneficiado pela fraqueza a ondas sonoras do simbionte).
 
Mais tarde, o simbionte acabou caindo sobre EdwardEddie Brock Jr., um jornalista fracassado do [[Clarim Diário]], que culpava o herói aracnídeo pela sua ruína. Sentindo o ódio de Brock por seu inimigo, o simbionte ligou-se ao seu corpo, formando um ser de mente composta chamado Venom. Um ser com um único objetivo: matar o Homem-Aranha.
 
Esta história foi revelada na edição de nº 105 da revista do Homem-Aranha, publicada em 1992 pela Editora Abril. Brock havia escrito a biografia de um homem que dizia ser o vilão Devorador de Pecados, e a notícia foi um sucesso para o seu jornal, o Clarim Diário. Mas pouco depois o Homem-Aranha derrotou o verdadeiro vilão e sem querer provou que a reportagem de Eddie não passava de histórias imaginárias de um doente mental. Com isso, o ClarimClarín Diário foi ridicularizado e Eddie despedido.
 
A partir de então, Eddie apenas pensava em se vingar do herói, porém sendo um humano comum não teria chances contra o herói aracnídeo. Depois de tudo pensou em suicidar-se, mas suicídio seria um pecado inaceitável para ele, um homem católico. Revelou que seu corpo musculoso foi adquirido porque exercícios físicos o ajudariam a diminuir o stress. E quando Eddie estava rezando para obter paz na [[Catedral deda Iorque]]Virgem Maria, em Manhattan, que curiosamente foi o mesmo local da separação de Peter Parker com o Simbionte, o alienígena uniu-se a Brock, acabando com sua angústia, dando-lhe quase todos os poderes do Homem-Aranha e lhe contando a identidade secreta do herói. Assim nasceu Venom.
O Simbionte Alienígena deu à Eddie Brock poderes similares aos do Homem-Aranha, como força, resistência, agilidade e reflexos ampliados (porém, de forma ampliada). Além disso, o vilão possui a capacidade de lançar teias orgânicas, fator de cura acelerada e imunidade ao "Sentidosentido Aranhade aranha" de Peter Parker. Além disso, o vilão tem também capacidade transmórfica limitada, graças às características do simbionte.
 
==Hospedeiros==
*Maria Martins: Maria Martins era um escultora que viveu entre o século 19 e 20, sendo reconhecida por suas obras possuírem alta semelhança com o Simbionte
*"[[Homem-Aranha]]:" [[Peter Parker]] encontrou a "nova roupa" durante as [[Guerras Secretas]] e a trouxe para Terra. Peter gostou de seu novo uniforme, mas percebeu que, ao usá-lo, ficava exausto com muita facilidade, além de ficar mais agressivo em ação. Ele procurou o [[Senhor Fantástico|Sr. Fantástico]] e descobriu que o uniforme era um ser vivo (anos depois na revista HA anual, foi explicado que era um ser que não tinha emoções próprias e era viciado em adrenalina e por isso precisava de um hospedeiro que sentisse adrenalina para saci[[Senhorsaciar o Fantástico|vício]]<nowiki/>vicio) que potencializava as características do hospedeiro, Peter sentiu repulsa e pediu para que o Sr. Fantástico auxiliasse na remoção do simbionte: ele foi retirado, mas fugiu e tentou um contato com Peter (até então ele não tinha se manifestado para Peter). Peter soube das fraquezas do simbionte (fogo e som) e acabou indo para a torre de sinos de uma igreja. Com o som dos sinos, ele removeu a criatura de seu corpo.
*"[[Homem-Aranha]]:" [[Peter Parker]] encontrou a "Roupa Preta"
*" durante as [[Guerras Secretas]] e a trouxe para Terra. Peter gostou de seu novo uniforme, mas percebeu que, ao usá-lo, ficava exausto com muita facilidade, além de ficar mais agressivo em ação. Ele procurou o [[Senhor Fantástico|Sr. Fantástico]] e descobriu que o uniforme era um ser vivo (anos depois na revista HA anual, foi explicado que era um ser que não tinha emoções próprias e era viciado em adrenalina e por isso precisava de um hospedeiro que sentisse adrenalina para saci[[Senhor Fantástico|vício]]<nowiki/>vicio) que potencializava as características do hospedeiro, Peter sentiu repulsa e pediu para que o Sr. Fantástico auxiliasse na remoção do simbionte: ele foi retirado, mas fugiu e tentou um contato com Peter (até então ele não tinha se manifestado para Peter). Peter soube das fraquezas do simbionte (fogo e som) e acabou indo para a torre de sinos de uma igreja. Com o som dos sinos, ele removeu a criatura de seu corpo.
 
*"[[Eddie Brock]]:" Edward Allen "Eddie" Brock Jr. foi criado em uma família católica romana em San Francisco. Em sua infância, ele ajudou um jovem a procurar por seu gato desaparecido. O que ninguém sabia é que Eddie tinha o gato preso em seu porão. Ele devolveu o gato para um jovem cheio de alegria, e todos no bairro passaram a vê-lo como o herói. Quando lhe perguntaram como ele fez isso, ele disse: "Foi fácil". Esta é a primeira vez, em uma lista de muitas, onde Eddie mostrou-se um mentiroso compulsivo com um complexo de herói. Mais tarde, na mesa de jantar, Eddie estava prestes a contar a seu pai sobre como ele "achou" o gato. O pai no entanto, mostrou pouco interesse. Naquela noite, assistindo ao noticiário, Eddie disse que o homem na tevê estava mentindo. Quando o pai dele mostrou-se confuso, Eddie afirmou que ele podia sempre dizer quando alguém estava mentindo (não se sabia se isso era uma mentira ou se ele estava dizendo a verdade). Sua irmã, em seguida, chegou reclamando que Eddie arruinou suas roupas da igreja. Quando Eddie disse a ela que ela não é sua mãe, ela gritou de volta: "Estamos habituados a ter uma mãe antes de você". O pai de Eddie então a repreende, dizendo que eles não podiam culpar Eddie pelo que aconteceu, e que não era culpa dele. O pai de Eddie depois se afastou e Eddie suspirou. Quando sua irmã perguntou-lhe o que estava errado, ele disse: "Eu posso dizer. Ele está mentindo". No dia seguinte, na igreja, Eddie fala com uma mulher velha. Ela diz que "o mundo tem um lugar para todos, e que você só tinha que encontrá-lo". Ele então disse que, enquanto ele parecia tão duro como ele podia, parecia que ninguém estava olhando para ele.
 
*"Angelo Fortunado:" Este teve uma vida de crimes curta. Ele foi humilhado pelo pai que era criminoso e atacou o Homem-Aranha no Colégio. Após fundir-se ao simbionte e ser vergonhosamente derrotado pelo Homem-Aranha em batalha, o ser alienígena considerou-o um hospedeiro indigno e o abandonou durante uma queda, deixando-o morrer. Apareceu apenas em duas [[histórias em quadrinhos]].
75 897

edições