Diferenças entre edições de "Augusto Celestino da Costa"

52 bytes adicionados ,  16h20min de 20 de novembro de 2018
sem resumo de edição
m (manutencao)
Formou-se em [[medicina]], em [[1905]], pela então [[Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa]]. Celestino da Costa manifestou desde cedo um especial interesse pela [[investigação científica]], onde adquiriu alguma experiência durante o curso, na área de [[Histologia]] e [[Embriologia]], sob a tutela de [[Mark Athias]].<ref name="autogenerated1"/>
 
Partiu em [[1906]] para [[Berlim]], com uma bolsa da [[Junta de Educação Nacional]], onde permaneceu até [[1908]]. Ali, teve oportunidade de visitar diversos Laboratórios Universitários e estudar com Hertwig, [[Krause]] e Retterer.
 
Em [[1911]], com apenas 27 anos e regressado da [[Alemanha]], inicia a carreira docente na então [[Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa]], que em breve daria lugar à [[Faculdade de Medicina de Lisboa]] onde funda o Instituto de [[Histologia]] e [[Embriologia]], juntamente com [[Pedro Roberto Chaves]], [[Alfredo Magalhães Ramalho]] e [[Luís Simões Raposo]]. Durante 43 anos exerceu os cargos de docente e investigador nesta instituição, sendo simultaneamente director de [[Análises Clínicas]] dos Hospitais Civis de Lisboa. Foi director da [[Faculdade de Medicina de Lisboa]] entre [[1935]] e [[1942]].<ref>{{citar web |url=http://www.fm.ul.pt/ |publicado=[[Universidade de Lisboa]] |autor= |título=Faculdade de Medicina de Lisboa |data= |acessodata= }}</ref>