Diferenças entre edições de "Arte degenerada"

1 byte adicionado ,  23h43min de 21 de novembro de 2018
 
Hitler tomou várias atitudes contra manifestações artísticas que ele considerava impróprias, além de perseguir e prender professores, artistas e curadores que se identificavam com formas de arte não aprovadas pelo governo.
 
A exposição “Arte degenerada” relacionou as obras de arte com desenhos feitos por deficientes mentais e as dispôs junto a fotos de pessoas aleijadas, para que despertasse repugnância e inquietação nos visitantes. Desse modo, o conceito de arte do modernismo de vanguarda seria então reduzido ao absurdo e a arte moderna entendida como “degenerada” e decadente. Esta apresentação de uma arte “doente”, “[[:de:Jüdischer_Bolschewismus|judaica-bolchevique]]” também serviu para legitimar a perseguição a “adversários políticos” e “racialmente inferiores”.