Diferenças entre edições de "Paulo Ferraz"

304 bytes adicionados ,  11h10min de 22 de novembro de 2018
atualização de dados, com citação de fonte bibliográfica
m (v1.43b - Corrigido usando WP:PCW (Link igual ao texto do link))
(atualização de dados, com citação de fonte bibliográfica)
{{Info/Biografia
| nome = Paulo Ferraz
| nome_completo = Paulo Rogério Ferraz
| imagem = [[File:Paulo Ferraz.jpg|thumb|Paulo Ferraz]]
| nascimento_data = {{dni|lang=br|12|8|1974|si}}
| nascimento_local = [[Rondonópolis]], [[Rondonópolis|MT]]
| nacionalidade = {{BRAn|o}}
| origem = =
| falecimento = =
| ocupação = Poeta, tradutor, editor e professor
| local_falecimento =
| gênero = =
| movimento =
| magnum_opus = =''De novo nada''
| influências = =
| influênciados = =
| prêmios = =Nascente, USP, 2001<br />
Prêmio Bravo! Prime de Cultura [[Prêmio Bravo! Prime de Cultura]], 2007 (finalista)<br />
1º Edital de Livros da Cidade de São Paulo, 2017
}}
 
 
Coordenou com Mantis Editores traduções de diversos poetas contemporâneos mexicanos, encarregando-se de verter para português poetas como [[Luis Armenta Malpica]], [[José Javier Villarreal]], Luis Aguilar, [[Jorge Fernández Granados]], [[Abigael Bohorques]] e [[Jeremias Marquines]], alguns deles vencedores do principal prêmio de poesia do México, o Prêmio [[Aguascalientes]]. Traduziu ainda a antologia ''Versiones Acústicas – muestra de poesía mexicana''. Como ensaísta, fez apresentações dos livros ''Sarabanda'', de autoria de [[Ana Rüsche]], e ''Margeando o caos'', de Majela Colares, escreveu ainda para a antologia ''Poesia (Im)PopularBrasileira'' ensaio sobre [[Torquato Neto]].
 
Em 2017 foi selecionado pelo 1º edital de livros da Cidade de São Paulo com o livro ''Vícios de imanência'', publicado no ano seguinte<ref>{{Citar periódico|data=2018-08-07|titulo=Paulo Ferraz e as entranhas da História – Revista Caliban|url=https://revistacaliban.net/paulo-ferraz-e-as-entranhas-da-hist%C3%B3ria-9471c18c7fc1|jornal=Revista Caliban}}</ref>.
 
== Referências ==
88

edições