Abrir menu principal

Alterações

2 bytes removidos ,  20h58min de 26 de novembro de 2018
m
sem resumo de edição
'''Santos''' é um [[Lista de municípios do Brasil por unidade da Federação|município]] [[portuário]] sede da [[Região Metropolitana da Baixada Santista]], localizado no [[Litoral de São Paulo|litoral]] do [[São Paulo (estado)|estado de São Paulo]], no [[Brasil]]. Com a maior participação econômica da citada região, abriga o [[Porto de Santos|maior porto]] da [[América Latina]],<ref name="Porto de Santos"><sup> De acordo com os sítios: [http://usinfo.state.gov/wh/Archive/2005/Sep/22-126225.html Usinfo.state.gov (governo dos E.U.A.)] {{Wayback|url=http://usinfo.state.gov/wh/Archive/2005/Sep/22-126225.html |date=20070820203438 }} e [http://www.mre.gov.br/cdbrasil/itamaraty/web/port/divpol/sudeste/sp/apresent/index.htm Ministério das Relações Exteriores]. {{Wayback|url=http://www.mre.gov.br/cdbrasil/itamaraty/web/port/divpol/sudeste/sp/apresent/index.htm |date=20061116105641 }}</sup></ref> o principal responsável pela dinâmica econômica da cidade ao lado do [[turismo]], da [[pesca]] e do [[comércio]]<ref>{{citar web | url=http://www.santos.sp.gov.br | título=Prefeitura Municipal de Santos }} [http://www.santos.sp.gov.br/turismo/introducao/introducao.php "Santos: Cidade Privilegiada"]. Acesso: 22 de Novembro, 2009.</ref>, ocupando a 5ª colocação entre as não capitais mais importantes para a economia brasileira<ref>IBGE 2012, publicada em dezembro de 2014, segundo o Portal Exame ([http://exame.abril.com.br/economia/noticias/as-15-nao-capitais-mais-importantes-para-a-economia/lista As 15 não-capitais mais importantes para a economia]), acesso em 30/12/2014</ref> e 10ª colocada segundo a qualidade de vida<ref>{{Citar web|título = Dentre as 20 cidades mais desenvolvidas do Brasil, nenhuma é capital &#124; Superinteressante|url = http://super.abril.com.br/cotidiano/dentre-as-20-cidades-mais-desenvolvidas-do-brasil-nenhuma-e-capital|obra = Superinteressante|acessadoem = 2016-01-07}}</ref>. A [[cidade]] é sede do poder executivo paulista todo dia 13 de junho ([[capital simbólica de São Paulo]])<ref>{{citar web|título=Santos será capital do Estado dia 13 de junho, em homenagem a José Bonifácio|url=http://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/34179/santos-ser-capital-do-estado-dia-13-de-junho-em-homenagem-jos-bonif-cio|publicado=Prefeitura Municipal de Santos|acessodata=25 de Dezembro de 2015|data=2 de agosto de 2013}}</ref> e também é sede de diversas [[instituição de ensino superior|instituições de ensino superior]].
 
Santos possui uma economia crescente. Em 2010, a cidade era a [[Lista de municípios do Brasil por PIB|17ª mais rica do país]], com [[produto interno bruto]] de [[Real (moeda)|R$]] {{fmtn|27 616 035 000}} de reais. Durante um bom tempo, sua economia centrou-se na comercialização do [[café]]<ref>Gislane e Reinaldo. ''História'' (Textbook). Editora Ática, 2009, p. 352</ref> ; em 1922 foi inaugurada a [[Bolsa Oficial do Café]], onde eram negociadas riquezas do mercado cafeeiro para o país,<ref>BARBOSA, Gino Caldatto. BARBOSA, Ney Caldato. ALVES, Jaqueline Fernandéz. ''O Palácio do Café''. Editora Magma, 2004. {{ISBN|859823001}}</ref> e que resultou no atual [[Bolsa Oficial de Café|Museu do Café]] abrigado no local atualmente conhecido como [[Centro (Santos)|Centro Histórico]], espaço que promove exposições sobre a trajetória do produto pelo Brasil e pela cidade e que é decorado com obras do artista [[Benedito Calixto]].<ref>{{citar web | url=http://www.museudocafe.com.br/museu/museu.asp | título=O Museu }} ''Site'' oficial do Museu. Acesso: 22 de Novembro, 2009.</ref>
 
Maior cidade do [[Litoral de São Paulo|litoral paulista]],<ref>{{citar web | url=http://www.braziltour.com/site/pl/cidades/materia.php?estados=1245&id_cidade=8723&regioes=1022 | título="Santos" }} [[Ministério do Turismo (Brasil)|Ministério do Turismo]]. Acesso: 22 de Novembro, 2009.{{ligação inativa|data=dezembro de 2014}}</ref> o principal [[cartão postal|cartão-postal]] do município são os 7&nbsp;km de [[praia]]. O [[Guinness World Records|Livro dos Recordes]] situa os [[jardins da orla de Santos]] como formadores do maior jardim frontal de praia em extensão do mundo.<ref>''Guiness World Records''. 2001. p.196</ref> A preservação e o cuidado com a flora do ambiente praiano santista, permeado de [[palmeira]]s e [[Terminalia catappa|amendoeiras]],<ref name="Viagem Tecnica">{{citar web | url=http://www.ceunsp.br/ | título=CEUNSP }} [http://www.ceunsp.br/eventos/viatecnica/viatecnica1.htm "Alunos do CEUNSP fazem viagem técnica para Santos e São Paulo"]. Acesso: 23 de Novembro, 2009.</ref> são resultados de um trabalho em conjunto dos departamentos de [[meio ambiente]] da região, muitas vezes ligados a [[universidade]]s ou a instituições científicas.<ref>Sem nome. [http://www.guinnessworldrecords.com "Jardins de Santos"]. Acesso: 23 de Novembro, 2009.</ref> A estimativa de população para 1 de julho de [[2017]] era de {{fmtn|434742}} habitantes.<ref name="IBGE_Santos_2015"/> A [[Baixada Santista]], com 1,7 milhão de habitantes em 2008, é parte — junto com a [[Grande São Paulo]] e a [[Região Metropolitana de Campinas]] — do [[Complexo Metropolitano Expandido]], uma [[megalópole]] que ultrapassava, já naquele ano, os 30 milhões de habitantes (cerca 75% da população paulista) e que é a primeira aglomeração urbana do tipo no [[hemisfério sul]].<ref name="Estadão">{{citar web|url=http://www.webcitation.org/query?url=http%3A%2F%2Fwww.estadao.com.br%2Fmegacidades%2Fsp_mancha.shtm+&date=2011-06-19 |título=A primeira macrometrópole do hemisfério sul |autor=Diego Zanchetta |data=3 de agosto de 2008 |editor=[[O Estado de S. Paulo]] |acessodata=12 de outubro de 2008}}</ref>
O Complexo Portuário de Santos responde por mais de um quarto da movimentação da [[balança comercial]] brasileira é o principal [[porto (transporte)|porto]] do país, e inclui na pauta de suas principais cargas produtos como o [[açúcar]], [[soja]], [[café]], [[milho]], [[trigo]], [[sal]], polpa cítrica, [[suco de laranja]], [[papel]], [[automóveis]], [[álcool]] e outros granéis líquidos, em cargas transportadas em contêineres via porto, trilhos e estradas.<ref name="Santos">{{citar web|url=http://www.portodesantos.com.br/imprensa.php?pagina=art1|título=Panorama do Porto de Santos|publicado=Porto de Santos|acessodata=24 de janeiro de 2012}}</ref> A área de influência econômica do porto concentra mais de 50% do [[produto interno bruto]] (PIB) do país e abrange principalmente os [[Unidades federativas do Brasil|estados]] de [[São Paulo (estado)|São Paulo]], [[Minas Gerais]], [[Goiás]], [[Mato Grosso]] e [[Mato Grosso do Sul]]. Aproximadamente 90% da base industrial paulista está localizada a menos de 200 quilômetros do porto santista.<ref name="Santos"/> Em 2007, o Porto de Santos foi considerado o 39ª maior do mundo por movimentação de [[Container (transporte)|contêineres]] pela publicação britânica ''Container Management'',<ref name="Folha">{{citar web |url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u325309.shtml |título=Porto de Santos é 39º maior do mundo, indica revista |publicado=[[Folha de S. Paulo]] |data=3 de setembro de 2007 |acessodata=24 de janeiro de 2012}}</ref> sendo o mais movimentado da [[América Latina]].<ref name="América Latina">{{citar web|url=http://www.gfmag.com/index.php?idPage=315|publicado=Gfmag.com|título=Global Finance - The Growth Challenge|data=|acessodata=|língua=inglês|arquivourl=https://web.archive.org/web/20070512181621/http://www.gfmag.com/index.php?idPage=315|arquivodata=12 de maio de 2007|urlmorta=yes}}</ref>
 
O orçamento municipal gira em torno de 1,9 bilhão em 2013, segundo estimativa. A renda per capita também figura no início do ranking de cidades brasileiras. Pelo censo de 2010, do IBGE, aparece em 9ª posição, com remuneração média de R$ 1.682,24 reais, maior do que a renda por habitante de capitais como São Paulo (R$ 1.495,04 reais) e Rio de Janeiro (R$ 1.518,55 reais). O nível de emprego tem se mantido em constante alta na década de 2000, seguindo tendência nacional.<ref name="Economia"/>
 
=== Turismo ===
159 407

edições