Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 21h02min de 26 de novembro de 2018
Desfeita a edição 53653352 de 2804:D41:342F:5800:E599:45A7:D8E7:EE13
| image4=Renato Lage (4654).jpg|caption4=[[Renato Lage]], um dos mais respeitados carnavalescos em atividade.
}}
[[Paulo Barros (carnavalesco)|Paulo Barros]], até então desconhecido do público, surge para o carnaval nos anos 2000, trazendo os impactantes "carros vivos" (alegorias formadas por pessoas executando coreografias) e torna-se famoso com os surpreendentes desfiles da [[Unidos da Tijuca]], uma escola modesta até o momento que havia ganhado apenas um título em [[Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 19361937|19361937]]. Após anos conseguindo apenas o vice-campeonato, o carnavalesco, enfim, é campeão com o enredo “É segredo”, da escola tijucana. A comissão de frente, que trocava de roupa na Sapucaí, foi o grande destaque do carnaval campeão da [[Unidos da Tijuca]] no ano de [[Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2010|2010]], desde então, Paulo Barros assume o posto de ''"carnavalesco-sensação"'' dos desfiles, após isso ele venceu aindo os Carnavais de [[Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2012|2012]] e [[Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2014|2014]] pela escola da [[Tijuca]].
 
Após ser tricampeão ele vai para a [[Mocidade Independente de Padre Miguel|Mocidade Independente]] para o [[Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2015|Carnaval de 2015]], sendo o carnavalesco mais caro do Carnaval carioca há uma grande expectativa que o título vá para [[Padre Miguel]], porém com ele consegue um amargo 7º lugar para a escola, após o resultado Paulo Barros acaba saindo da escola.
151 736

edições