Diferenças entre edições de "Protestantismo"

2 bytes adicionados ,  17h48min de 1 de dezembro de 2018
sem resumo de edição
{{Cristianismo}}
[[Ficheiro:Rochester_cathedral_stained_glass_2.jpg|miniaturadaimagem|323x323px|Vitral na [[Catedral de Rochester]], em [[Kent]]. (Igreja Anglicana)]]
 
O '''protestantismo''' é a [[Lista de denominações cristãs por número de membros|segunda maior forma]] de [[cristianismo]], com mais de 1 Bilhão de adeptos em todo o mundo com mais de 40% de todos os [[cristão]]s.<ref name="pewforum1">{{citar web|url=http://www.pewforum.org/files/2011/12/Christianity-fullreport-web.pdf |título=Pewforum: Christianity (2010) |formato=PDF |data= |acessodata=14 de maio de 2014}}</ref><ref name="gordonconwell.edu">{{citar web|url=http://www.gordonconwell.edu/resources/documents/1IBMR2015.pdf|título=Christianity 2015: Religious Diversity and Personal Contact|publicado=gordonconwell.edu|data= Janeiro de 2015 |acessodata=29 de maio de 2015}}</ref><ref name="protestantstatistics">{{citar web|url=http://www.ccc.one/#!coalition/o1aja |título=CCC – Global Statistics |acessodata=5 de dezembro de 2015}}</ref> Originou-se com a [[Reforma Protestante]], um movimento contra o que seus seguidores consideravam [[Críticas à Igreja Católica|erros]] na [[Igreja Católica]].<ref>[http://www.oxforddictionaries.com/definition/english/Protestant Oxford Dictionary]</ref> Desde então, os protestantes rejeitam a doutrina católica romana da [[supremacia papal]] e dos [[Sacramentos católicos|sacramentos]], mas discordam entre eles sobre a presença real de [[Cristo]] na [[Eucaristia]].<ref>[https://books.google.com/books?id=xLBa5aO7fgQC&printsec=frontcover&dq=protestantism+1517&hl=en&sa=X&ei=b4qcU_CHOPCV7Aau-ICIDQ&ved=0CCAQ6AEwAA#v=onepage&q=1517&f=false Protestants: A History from Wittenberg to Pennsylvania 1517–1740, pp. 32 & 50]</ref> Eles enfatizam o [[sacerdócio de todos os crentes]], a [[Sola fide|justificação pela fé]] (''sola fide'') em vez das [[boas obras]] e a autoridade da [[Bíblia]] sozinha (e não com a [[Tradição católica|tradição sagrada]]) na [[fé]] e na [[moral]] (''[[sola scriptura]]'').<ref>[https://books.google.com/books?id=YGqVAwAAQBAJ&pg=PA159&lpg=PA159&dq=protestantism+priesthood+of+all+believers+sola+fide&source=bl&ots=Cyi-Vgxrwg&sig=xaUaywMvQ7rPgi0TOiHFadp4iEI&hl=en&sa=X&ei=5YucU_C_IKfX7Aa8w4HQBQ&ved=0CHQQ6AEwCA#v=onepage&q=protestantism%20priesthood%20of%20all%20believers%20sola%20fide&f=false Mothering the Fatherland: A Protestant Sisterhood Repents for the Holocaust by George Faithful, p.159]</ref> As "[[Cinco Solas]]" resumem as diferenças teológicas básicas em oposição à Igreja Católica Romana.<ref>[https://books.google.com/books?id=QDGaORL-BQ4C&pg=PA75&dq=five+solas&hl=en&sa=X&ei=UVXWU_6eKobP4QSui4CQCw&ved=0CCsQ6AEwAQ#v=onepage&q=five%20solas&f=false Philip Voerding: The Trouble with Christianity: A Concise Outline of Christian History]</ref>
 
O protestantismo é popularmente considerado como tendo começado na [[Alemanha]] em 1517, quando [[Martinho Lutero]] publicou suas [[95 Teses]] como uma reação contra abusos na venda de [[indulgência]]s pela Igreja Católica Romana, que pretendia oferecer remissão de pecado aos seus compradores.<ref>[https://books.google.com/books?id=xLBa5aO7fgQC&printsec=frontcover&dq=protestantism+1517&hl=en&sa=X&ei=b4qcU_CHOPCV7Aau-ICIDQ&ved=0CCAQ6AEwAA#v=onepage&q=1517&f=false Protestants: A History from Wittenberg to Pennsylvania 1517–1740, p. 15]</ref> No entanto, o termo deriva da [[Protesto de Espira|carta de protesto]] dos [[Fürst|príncipes]] luteranos alemães em 1529 contra o [[édito]] da [[Dieta de Speyer (1529)|Dieta de Speyer]], que condena os ensinamentos de Martinho Lutero como [[Heresia|heréticos]].<ref>''Oxford Dictionary of the Christian Church'' (1974) art. "Speyer (Spires), Diets of"</ref> Embora existissem rupturas anteriores e tentativas de reforma da Igreja Católica Romana - notadamente por [[Pedro Valdo]], [[John Wycliffe]] e [[Jan Hus]] — somente Lutero conseguiu desencadear um movimento mais amplo, duradouro e [[Idade Moderna|moderno]].<ref>[https://books.google.com/books?id=uw78AwAAQBAJ&pg=PA98&dq=before+luther+hus+waldo&hl=en&sa=X&ei=alDWU7LqLqnm4QSmi4HoDw&ved=0CCYQ6AEwAQ#v=onepage&q=before%20luther%20hus%20waldo&f=false James Watson: Religious Thoughts]</ref> No século XVI, o [[luteranismo]] se espalhou da Alemanha para [[Dinamarca]], [[Noruega]], [[Suécia]], [[Finlândia]], [[Letônia]], [[Estônia]] e [[Islândia]].<ref>[https://books.google.com/books?id=Htz8M1Xlqi4C&pg=PA9&dq=lutheranism+scandinavia+germany&hl=en&sa=X&ei=65acU9SXAcyy7AbG8oCoBA&ved=0CCcQ6AEwAQ#v=onepage&q=lutheranism%20scandinavia%20germany&f=false Historical Dictionary of Lutheranism by Günther Gassmann, Duane H. Larson and Mark W. Oldenburg, p.9]</ref> As denominações reformadas (ou [[calvinista]]s) espalharam-se na Alemanha, [[Hungria]], [[Países Baixos]], [[Escócia]], [[Suíça]] e [[França]] por reformadores como [[João Calvino]], [[Huldrych Zwingli]] e [[John Knox]].<ref>[https://books.google.com/books?id=1asvyE-1DUkC&pg=PT19&dq=calvinism+switzerland+netherlands&hl=en&sa=X&ei=2oycU8KFApCA7QaEm4DoDQ&ved=0CCcQ6AEwAQ#v=onepage&q=calvinism%20switzerland%20netherlands&f=false Calvinism by Abraham Kuyper]</ref> A separação política da [[Igreja da Inglaterra]] do papa sob o governo do rei [[Henrique VIII]] fez surgir o [[anglicanismo]] na [[Inglaterra]] e no [[País de Gales]], parte do movimento mais amplo da Reforma.
 
[[Ficheiro:Rochester_cathedral_stained_glass_2.jpg|miniaturadaimagem|323x323px|Vitral na [[Catedral de Rochester]], em [[Kent]]. (Igreja Anglicana)]]
Os protestantes desenvolveram sua própria cultura, com importantes contribuições na educação, nas [[ciências humanas]] e nas ciências gerais, na ordem política e social, na economia e nas artes, e em muitos outros campos.<ref name="Karl Heussi 1956 pp. 317–319">Karl Heussi, ''Kompendium der Kirchengeschichte'', 11. Auflage (1956), Tübingen (Germany), pp. 317–319, 325–326</ref>
 
2 174

edições