Abrir menu principal

Alterações

3 352 bytes adicionados ,  11h09min de 2 de dezembro de 2018
sem resumo de edição
{{mais fontes|arte=sim|data=setembro de 2009}}
{{TOC}}
'''Infomerciais, programação paga, televendas ou teleshopping''' são [[propaganda]]s de [[televisão]] que geralmente inclui um número de telefone gratuito ou website que costumam durar o mesmo tempo que um [[programa de televisão]] típico. NaEsse fenômeno começou nos [[EuropaEstados Unidos]], sãoonde os infomerciais eram normalmente exibidos durante a noite (geralmente das 2:00 às 6:00), fora do [[horário nobre]], comopara na[[rede madrugada,de durantetelevisão acomercial|emissoras manhãcomerciais]]. ouAlgumas durante[[estação ade tardetelevisão|estações ede até mesmo no horário nobre. Alguns canaistelevisão]] exibem esse tipo de programação como uma alternativa a prática em desuso do encerramento de transmissões ou exibem infomerciais 24 horas por dia. Em 2009, a maioria dos gastos com infomerciais nos EUA ocorreu durante as primeiras horas da manhã, do dia e da noite. As estações na maioria dos países em todo o mundo instituíram estruturas de mídia semelhantes. Na [[Europa]] são normalmente exibidos fora do [[horário nobre]], como na madrugada, durante a manhã ou durante a tarde e até mesmo no horário nobre.
 
Embora o termo "infomercial" tenha sido originalmente aplicado apenas à publicidade televisiva, agora é às vezes usado para se referir a qualquer apresentação (geralmente em vídeo) que apresente uma quantidade significativa de informações em uma tentativa real ou percebida de promover um ponto de vista. Quando usado dessa maneira, o termo pode significar levar a implicação de que a parte que está fazendo a comunicação está exagerando as verdades ou ocultando fatos importantes. Muitas vezes, não está claro se a apresentação real se encaixa nessa definição porque o termo é usado na tentativa de desacreditar a apresentação. Assim, discursos ou convenções políticas podem ser denominados pejorativamente como "infomerciais" para um ponto de vista específico.
 
Os produtos freqüentemente comercializados através de infomerciais no nível nacional incluem produtos de limpeza, [[eletrodomésticos]], dispositivos de preparação de alimentos, suplementos dietéticos, [[medicina alternativa|saúde alternativa]], cursos de melhoria de memória, [[livros]], [[álbum de compilação|álbuns de compilação]], vídeos de vários gêneros, estratégias de investimento imobiliário, suprimentos de beleza, remédios de [[calvície]], suplementos de realce sexual, programas de perda de peso e produtos, dispositivos de aptidão pessoais, máquinas de exercício de casa e linhas de conversa erótica de adultos. Concessionárias de [[automóveis]], [[advogados]] e [[joalheiros]] estão entre os tipos de empresas que comercializam infomerciais em nível local.
 
== Formato ==
A palavra "infomercial" é um [[portmanteau]] das palavras "[[informação]]" e "[[comercial]]". Como em qualquer outra forma de propaganda, o conteúdo é uma mensagem comercial projetada para representar os pontos de vista e servir ao interesse do anunciante. InfomerciaisOs infomerciais são frequentemente feitos para imitarse assemelhar aos [[programas verdadeiros,de televisão]] padrão. Alguns geralmenteimitam [[talk shows]], come mínimastentam distinçõesminimizar o fato de que o programa é na verdade uma mensagem comercial. Alguns são desenvolvidos em torno de fato[[narrativa|histórias]] e são chamados de "comerciais de histórias". No entanto, a maioria não possui formatos de televisão específicos mas cria elementos diferentes para contar o que seus criadores esperam ser uma propagandahistória convincente sobre o produto oferecido.
 
Infomerciais são projetados para ter uma resposta direta que é específica e [[quantidade|quantitativa]] e são, dessa maneira, uma forma de marketing de resposta direta (não confundir com [[marketing direto]]). APor respostaessa razão, os infomerciais geralmente apresentam entre dois e quatro comerciais internos de 30 a 120 segundos, que convidam o consumidor a ligar ou tomar outra ação direta. Apesar do pedido explícito por ação direta, muitos consumidores respondem às mensagens em um infomercial com compras em lojas de [[varejo]]. Para muitos infomerciais, a maior parte da propagandaresposta positiva é entregueque diretamenteos aosconsumidores espectadorestomem pelosmedidas comprando em uma loja de varejo. Para outros, o anunciante promoverá o item como "não vendido nas lojas". Alguns anunciantes que fazem essa escolha não gostam de compartilhar o lucro com os varejistas, enquanto muitos simplesmente não têm os imensos recursos necessários para colocar seus produtos nos canais do varejo antes de alcançar o sucesso no ar. No último caso, muitos esperam usar o lucro vendas diretas para construir seus negócios/empresas para obter posterior distribuição no varejo. Em comerciais comuns, os anunciantes não solicitam uma resposta direta dos espectadores, mas, ao invés disso, ressaltam a [[marca]] do produto no mercado entre compradores potenciais.
 
Anunciantes de infomerciais podem usar [[bordão|bordões]] extravagantes, repetição de ideias básicas, e/ou empregar personagens vestidos como cientistas ou celebridades tais como convidados ou apresentadores das propagandas. No livro ''As Seen on TV'' por [[Lou Harry]] e [[Sam Stall]] ilustra a história de produtos memoráveis como o [[Flowbee]], o [[Chia Pet]], e as facas [[Ginsu]]. O Flowbee e as facas Ginsu foram trazidas ao ar pelo guru dos infomerciais [[Kevin Harrington]]. Muitos infomerciais apresentam ofertas por tempo limitado e/ou afirmam que os produtos só podem ser adquiridos pela televisão.
378

edições